Rondônia, quarta-feira, 24 de abril de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sábado, 23 de Fevereiro de 2019 - 08h24

Cheia do Madeira já atingiu mais de 400 moradores em Porto Velho

da Redação


Cheia do Madeira já atingiu mais de 400 moradores em Porto Velho

A Defesa Civil Municipal atualizou o número de famílias atingidas pela elevação do nível do Rio Madeira, que atingiu a cota de 16,89 na tarde de sexta-feira (22). Mais de 400 pessoas já foram atingidas pela cheia, e desses, 68 foram afetados diretamente com a água invadindo quintais, principalmente na área urbana da Capital.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos, seis famílias que residem na comunidade de Mutuns, na área rural da Capital tiveram que ser retirados de suas casas e levadas para barracas instaladas em locais seguros na condição de desabrigados. Todos estão sendo assistidos pela Prefeitura com doações de cestas básicas e água mineral.

Outras 25 ficaram famílias que residiam em áreas de risco nos bairros Balsa, Nacional, Beco do Gravatal, Beco da Rede, Beco do Birro, Triângulo, Candelária e Panair ficaram desalojados e foram levadas para casa de familiares e amigos. A expectativa é que esse número aumente ainda mais se o nível do rio continuar subindo, pois, outras famílias já estão sendo retiradas de suas casas, mas esse número ainda não foi contabilizado.

Na última quinta-feira (21) a Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) interditou por tempo indeterminado, o acesso à Rua Jaci-Paraná, próximo à Avenida Rogério Weber, por causa do transbordamento de um canal provocado pelo aumento do nível do Rio Madeira.

Pontos alagados

Na Rua Alexandre Guimarães, Bairro Baixa União, a água começou a invadir a rua e deixou uma residência ilhada. Para entrar ou sair de casa, o morador precisou improvisar uma ponte de madeira.

Em outro ponto, na Avenida Euclides da Cunha, também no Bairro Baixa União, o problema se repete.

A feira do produtor, localizada na Avenida Rogério Weber com Jaci-Paraná, também começou a ser invadida pela água que vem do canal. A feira do Cai N’Água, que ocorre aos domingos, deve ser mudada de local.

A Rua Beira Rio, no Bairro Cai N’Água, continua alagada. Os serviços de embarque e desembarque de mercadorias naquela região mudaram de local.

Baixo e médio madeira

A preocupação da Defesa Civil se estende ao Distrito de Nazaré. Nos próximos dias uma equipe será encaminhada ao Baixo Madeira para verificar os pontos críticos e prestar apoio as famílias. Cerca de 100 barracas já estão à disposição dos moradores. 

No Médio Madeira, a cheia atinge as comunidades São Miguel, Maravilha I e II e São Sebastiao. Em outros pontos na mesma região, a água está prestes a invadir os quintais.

Em Jaci-Paraná e em Fortaleza do Abunã, algumas residências já foram impactadas.

A Defesa Civil está com uma equipe de plantão 24 horas para atender as famílias que residem em áreas de risco. A ajuda pode ser solicitada ligando no 199 ou 98401-5113.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/cheia-do-madeira-ja-atingiu-mais-de-400-moradores-em-porto-velho)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions