Rondoniagora.com

Rondônia, 04 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Com problemas no sindicato, comerciários do interior ficam sem reajuste

Quinta-feira, 30 Abril de 2009 - 15:18 | Fecomércio


As imposições do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio do Interior (Sitracom) acabaram gerando prejuízos para os comerciários que vão passar o dia 1º de maio sem poder comemorar a data. Os trabalhadores vão ficar sem reajuste visto que o Sitracom exige um salário de R$ 600,00 enquanto na Capital o novo piso ficou em R$ 495,00.

A Fecomércio, juntamente com seus sindicatos filiados, vem tentando um acordo com o representante dos trabalhadores sem sucesso. A entidade considera que essa intransigência do sindicato só vem causando prejuízos para os comerciários. Sem acordo, os trabalhadores do interior vão ficar com um piso de 465, o mesmo do salário mínimo oficial.

Desta forma, a Fecomércio pede que nenhum empresário conceda reajuste maior do que o salário mínimo até que seja fechado um acordo com o sindicato dos trabalhadores. Essa informação se faz necessária porque qualquer reajuste que for feito acima do que ficar convencionado, não poderá sofrer redução.

A Fecomércio entende que o momento é de união. É preciso que haja bom senso por parte do representante dos trabalhadores para que o comércio garanta o emprego de seus colaboradores. “Não adianta conceder um reajuste maior e, posteriormente, demitir.”
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News