Rondônia, quinta-feira, 22 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 25 de Agosto de 2009 - 16h26

Comissão adia vinda a Rondônia e planeja instalar CPI

Yodon Guedes


Parte dos envolvidos na operação Abate –servidores públicos e empresários de frigoríficos de Rondônia – participam da audiência com o ministro da Agricultura, Reinhold Stefhanes, no dia 1º de setembro, na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, que investiga se houve direcionamento nas sindicâncias realizadas por fiscais do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), que redundaram na operação desencadeada pela Polícia Federal e Ministério Público Federal.

A informação é do deputado federal Ernandes Amorim (PTB), que participa da comissão que investiga irregularidades cometidas por fiscais do Dipoa. Ela é formada pelos deputados Moacir Micheletto (PMDB-PR), presidente; Valdir Colatto (PMDB-SC), relator; Moreira Mendes (PPS), e Silas Brasileiro (PMDB-MG), ex-secretário executivo do Ministério da Agricultura. A constituição dessa comissão e as investigações em cursos foram solicitadas por Amorim após receber denúncias de direcionamento do grupo de fiscais comandados em Brasília por Nelom Oliveira Costa, diretor do Dipoa

Os envolvidos na operação Abate em Rondônia, num total de 12, seriam ouvidos pela comissão, nos dias 27 e 28 próximos (quinta e sexta-feira), na Assembléia Legislativa de Rondônia, mas por uma questão de logística, de acordo com Amorim, foi adiada a oitiva para outra data a ser definida na audiência com o ministro da Agricultura.

“Dado a proximidade de datas, entre oitivas e convocação do ministro, deslocamento a tempo de fiscais que se encontram uns em Recife e em outros estados, a comissão entendeu definir outra data para ir a Rondônia. Então os empresários de frigoríficos, servidores da Agricultura em Rondônia vão participar dessa audiência, onde vão relatar a atuação e como agiram os fiscais do Dipoa. Essa audiência pode resultar até em CPI para se investigar melhor essa conduta em voga num departamento técnico que deveria ser controlado pelo Ministério da Agricultura”, explica o parlamentar.

Só após essa audiência com o ministro, afirma Amorim, é que será marcada nova data para vinda da comissão a Rondônia. Nessa audiência, ainda segundo ele, os deputados pretendem discutir com o ministro novas regras de atuação do Dipoa, como por exemplo, a estadualização de suas competências, legislando apenas em casos de inspeção para fins de exportação. Essa seria uma maneira de se evitar que fiscais do Dipoa atuem em favor de grandes conglomerados frigoríficos e continuem prejudicando os pequenos e médios.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions