Rondoniagora.com

Rondônia, 01 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Comportas para usinas serão fabricadas em Porto Velho, anuncia Seapes

Quarta-feira, 21 Maio de 2008 - 15:17 | Seapes


Agora é oficial: os principais componentes mecânicos das turbinas e todas as comportas para as usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio serão produzidas em Rondônia pelas empresas Alstom Energia, da França, e Bardella S.A., de São Paulo.
A fábrica de cimento da companhia, que começa a ser construída ainda este ano, às margens da BR-364, na saída para Cuiabá, entre a sede da Eletronorte e o Hospital Santa Marcelina, vai exigir inversões de capital que devem alcançar a cifra de 110 milhões de reais nos próximos 10 anos.
Segundo Rafael Ermírio de Moraes, diretor da empresa, não serão gerados apenas os 60 empregos diretos previstos na carta-consulta encaminhada ao Conder: “Este número refere-se apenas à nossa linha de produção, que é automatizada e exige mão-de-obra altamente especializada”.
Ermírio de Moraes afirma que todos os outros serviços necessários ao funcionamento da planta industrial, como transporte de bens, valores e pessoal, distribuição da produção, alimentação em três turnos, limpeza e segurança 24 horas, entre outros, serão terceirizados: "Esta logística vai gerar, de forma permanente, pelo menos 400 novos postos de trabalho na região metropolitana de Porto Velho".
Votorantim investirá R$ 110.000.000,00
A fábrica de cimento da companhia, que começa a ser construída ainda este ano, às margens da BR-364, na saída para Cuiabá, entre a sede da Eletronorte e o Hospital Santa Marcelina, vai exigir inversões de capital que devem alcançar a cifra de 110 milhões de reais nos próximos 10 anos.
Segundo Rafael Ermírio de Moraes, diretor da empresa, não serão gerados apenas os 60 empregos diretos previstos na carta-consulta encaminhada ao Conder: “Este número refere-se apenas à nossa linha de produção, que é automatizada e exige mão-de-obra altamente especializada”.
Ermírio de Moraes afirma que todos os outros serviços necessários ao funcionamento da planta industrial, como transporte de bens, valores e pessoal, distribuição da produção, alimentação em três turnos, limpeza e segurança 24 horas, entre outros, serão terceirizados: "Esta logística vai gerar, de forma permanente, pelo menos 400 novos postos de trabalho na região metropolitana de Porto Velho".
“No total, foram aprovadas durante a reunião 11 propostas de incentivo fiscal formalizadas por médias e grandes empresas, e que significam um compromisso de investimento efetivo no valor de R$ 220 milhões, em troca da outorga de até 85% dos créditos tributários de ICMS presumido", destacou o titular da SEAPES, Marco Antonio Petisco.
"Estas aplicações vão necessariamente levar à geração de outros 1 230 empregos diretos, na capital e no interior, em indústrias de açúcar e álcool hidratado, biodiesel e glicerina, implementos rodoviários como carrocerias, reboques e caçambas, na produção de ligas metálicas, telhas esmaltadas impermeabilizadas e no beneficiamento de grãos”, detalha Marco Petisco, que também responde pela secretaria-executiva do Conder.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News