Rondoniagora.com

Rondônia, 05 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

CREA e Sindur pedem providências ao MP para impedir retirada de maquinaria da Termo Rio Madeira

Quinta-feira, 07 Agosto de 2008 - 18:45 | MP-RO


O presidente do Sindicato dos Urbanitários de Rondônia (Sindur/RO), Nailor Guimarães Gato, e o assessor técnico do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA/RO), Ronaldo Ferreira da Silva, reuniram-se, nesta quinta-feira (7), com o Subprocurador-Geral de Justiça, Ivo Benitez, para pedir o apoio e providências ao Ministério Público de Rondônia no sentido de que a transferência da planta de Termoelétrica Rio Madeira, localizada no bairro Nacional, em Porto Velho, não ocorra antes da sua interligação ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
Nailor Guimarães explicou que teve conhecimento da pretensão da Eletronorte de retirar quatro máquinas da termo, que produzem 90 megawatts de energia, para deslocá-los a outros estados, como Roraima ou Amazonas. “A Termo é uma garantia de fornecimento de energia no caso de falha de outros sistemas”, explicou Nailor. Logo após a reunião com o Procurador de Justiça Ivo Benitez, o presidente do Sindur formulou oficialmente a denúncia à Promotora de Justiça do Consumidor, Emília Oiye.
O Sistema Interligado Nacional, que cobre praticamente todo o país, permite às diferentes regiões permutarem energia entre si. Esse sistema é muito útil para interligar as geradoras de energia que, sendo na sua maioria usinas hidrelétricas, localizadas longe dos centros consumidores e dependentes do regime pluviométrico regional, têm altos e baixos em sua produtividade. Apenas Amazonas, Roraima, Acre, Amapá, Rondônia ainda não fazem parte do Sistema Interligado.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News