Rondônia, sábado, 24 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 10 de Novembro de 2009 - 16h31

CSL aprova compra de tratores para setor leiteiro de Rondônia

Wania Ressutti


Praticamente encerrando as atividades do ano, a Câmara Setorial do Leite (CSL) de Rondônia reuniu-se nesta terça-feira, 10, no auditório da Emater-RO, para discutir o fortalecimento do Projeto de Recuperação de Pastagens e o Sistema de Informação para Gerenciamento do Projeto Inseminar.

Segmentos governamentais e não governamentais ligados ao setor pecuário, industrial, comercial, instituições financeiras, de fiscalização, de pesquisa e de assistência técnica e extensão rural estavam representados. Entre eles o secretário executivo da Emater e secretário da CSL, Sorrival de Lima que coordenou a reunião.

Constituída em 1999 a Câmara Setorial do Leite é a maior instância para discussão das políticas voltadas ao desenvolvimento da pecuária leiteira no Estado e decisória na utilização dos recursos do fundo Proleite visando o fortalecimento de programas de melhoria da qualidade e produtividade do leite.

Durante a reunião o coordenador Sorrival de Lima apresentou a proposta para aquisição de 24 tratores para o fortalecimento no manejo de pastagens visando garantir alimentação de qualidade aos animais do Projeto Inseminar – de inseminação artificial. “Já estamos na F3 e quem é zootecnista, extensionista ou veterinário sabe que esses animais necessitam de uma alimentação adequada para manter o padrão”, disse referindo-se às crias resultantes com a Inseminação de animais geneticamente melhorados.

Segundo o secretário serão adquiridos tratores completos, com grade, carreta, distribuidora de calcário e ensiladeira e o produtor pagará somente 30 reais/hora, para utilização na propriedade.

Outra proposta foi a aquisição de um sistema de informação para gerenciamento do Projeto Inseminar. De acordo com o gerente regional do Proleite em Porto Velho, o zootecnista José Renato Carvalho, a abrangência do Projeto já exige um programa de informação para melhor gerenciar as ações. Além do programa é necessário promover o cadastramento dos animais. Para isso seriam necessárias aquisição de brincos ou bottons de registro de animais. “Nós temos que resgatar desde as F1 e F2 e já cadastrar as F3 que forem nascendo”, explica o zootecnista, salientando que dessa forma será possível controlar melhor os animais do programa e garantir a continuidade da melhoria desses animais e de seus descendentes.

Assim como os tratores a implantação de um sistema de informação também foi aprovada pela Câmara, mas uma comissão formada por técnicos das secretarias estaduais Sedes (de Desenvolvimento Social), Seagri (da Agricultura, pecuária e regularização fundiária), Idaron e representante dos engenheiros agrônomos deverão avaliar o melhor sistema a ser utilizado.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions