Rondônia, quinta-feira, 29 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 08 de Outubro de 2009 - 14h22

Diretor do HB rebate críticas do Simero contra ponto eletrônico

Mirian Franco e Toninha Lima


O diretor-geral do Hospital de Base Ary Pinheiro, médico Amado Rahhal, rebateu as críticas do presidente do Sindicato dos Médicos de Rondônia (Simero), Otino José de Araújo Freitas, em relação à implantação de ponto eletrônico nas unidades de saúde para regularização dos serviços. O presidente da entidade se manifestou contrário ao controle eletrônico de ponto para a classe médica.

Amado Rahhal disse que o ponto eletrônico foi implantado no Hospital de Base e que ainda está em fase de ajustes para atender sua finalidade. Segundo ele, o Registro Eletrônico de Ponto é uma medida regulamentada pelo Ministério do Trabalho e prevista no artigo 74, parágrafo 2º, da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), amplamente utilizado por empresas e órgãos que necessitam garantir a correta jornada de trabalho e manter a eficiência dos serviços.

Rahhal afirma que a tecnologia veio para facilitar o controle e registro de ponto, principalmente nas unidades que contam com um grande contingente de profissionais, como é o caso do Hospital de Base, com cerca de 1700 servidores e que trabalham em horários diferenciados. Para ele, perante o tratamento funcional, todos os servidores são iguais, não havendo distinção de categorias para o cumprimento de suas tarefas profissionais.

“É inegável as melhorias que temos alcançado em todos os setores do Hospital de Base”, disse Rahhal, referenciando as obras de ampliação do hospital e os serviços que vêm sendo gradativamente implantados. “O HB conta, principalmente, com o apoio incondicional do Governador Ivo Cassol para a melhoria dos serviços para a população, incluindo aí a implantação dos programas de especialização médica e a correção dos salários desses profissionais, que está entre os Estados que melhor pagam”, garantiu.

Segundo Rahhal, a medida também está garantindo o anseio de médicos que solicitaram para que o serviço fosse implantado, sendo somente os que têm problemas para cumprir a jornada, que estão preocupados com a medida. “Muitas vezes temos que ficar procurando e chamando por horas e horas os médicos no sobreaviso e isso não pode acontecer em detrimento dos profissionais que cumprem suas jornadas, esses não estão preocupados com o controle”, informou.

“A atuação do Simero não pode estar afeta somente aos momentos de eleição da categoria, como a que vai ocorrer nos próximos dias. Acreditamos que o sindicato deve atuar continuamente, cobrando melhorias reais de setores que não estão funcionando a contento, como o compromisso do município de Porto Velho com a classe médica e a área de saúde em geral”, finalizou Rahhal.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions