Rondônia, domingo, 22 de abril de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 28 de Maio de 2008 - 11h02

Educação do campo é debatida no II Encontro Estadual do Pronera

Unir


Na próxima quinta e sexta-feira (29 e 30), a Universidade Federal de Rondônia (Unir), em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), realiza o II Encontro Estadual do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) no Centro de Vivência “Paulo Freire”, no Campus “José Ribeiro Filho”. Segundo a coordenadora do evento, professora Marilsa Miranda, do Departamento de Pedagogia do Campus de Rolim de Moura, o objetivo é discutir os desafios da educação do campo e a questão agrária em Rondônia.Desenvolvido em áreas da reforma agrária, o Pronera é uma política de educação do campo que surgiu a partir da luta dos movimentos sociais e sindicais de camponeses pelo direito à educação com qualidade social. Seu objetivo é fortalecer o mundo rural como território de vida em todas as suas dimensões: econômicas, sociais, ambientais, políticas, culturais e éticas. Em Rondônia, o programa está completando dez anos.
O II Encontro Estadual do Pronera contará com uma série de palestras e mesas-redondas. Na quinta-feira, às 10h, o professor Aluízio Lins Leal, da Universidade Federal do Pará (UFPA), discutirá o “Imperialismo e questão agrária na Amazônia”. Às 14h, o advogado Afonso Chagas, da Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Rondônia fará a palestra “Estado, latifúndio e campesinato: contradições atuais em Rondônia” e às 16h20 a professora da Unir Marilsa Miranda falará sobre “Políticas públicas e educação do campo em Rondônia”. Para a sexta-feira estão previstas as mesas-redondas sobre alfabetização de jovens e adultos, pedagogia da terra e escola família agrícola (EFA).
A Unir começou a desenvolver atividades do Pronera com a instalação de dois projetos, um no Campus de Rolim de Moura e outro no de Ji-Paraná, ambos de alfabetização de jovens e adultos. O primeiro atendeu 800 alunos de assentamentos gerenciados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). O outro atendeu igual quantidade de alunos, só que de assentamentos administrados pelo próprio Incra na região de Ji-Paraná. O trabalho realizado em Rolim de Moura chegou a ser premiado pelo Governo Federal como projeto que registrou o menor índice de evasão em todo o país. Atualmente, em Rondônia, o Pronera atende 1700 alunos, em 22 municípios, com 112 professores.
O Pronera é operacionalizado de forma estratégica, associado ao desenvolvimento territorial, para contribuir com a elevação das condições de vida e de cidadania de milhares de brasileiros e brasileiras que vivem no campo. Compreende que o modo de vida do povo do campo tem especificidades quanto a maneira de se relacionar com o tempo, o espaço, o meio ambiente, de organizar a família, a comunidade, o trabalho, a educação e o lazer, o que lhe permite a criação de uma identidade cultural e social própria.
O evento é uma organização da Unir e do Incra e conta com o apoio Fundação Rio Madeira (Riomar), da Federação dos Trabalhadores da Agricultura de Rondônia (Fetagro), da Escola Família Agrícola de Cacoal e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Para mais informações sobre o evento, acesse o site da Unir, no endereço www.unir.br, no link “Eventos”, e confira a programação completa do II Encontro Estadual do Pronera.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions