Rondônia, terça-feira, 26 de janeiro de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Segunda, 11 de Janeiro de 2021 - 14h48

Energias limpas ganham espaço e viram solução em Rondônia com alto investimento

da Redação


Energias limpas ganham espaço e viram solução em Rondônia com alto investimentoFonte: Unsplash

A estrutura de energia elétrica em Rondônia voltou a ser notícia no final de 2020. Em anúncio oficial, a empresa Energisa confirmou que o investimento de mais de R$ 1 bilhão realizado nos últimos três anos pretende incentivar o maior uso de energia limpa no estado. Além disso, as obras de estrutura também devem gerar uma economia no setor. O objetivo principal é modernizar a rede de distribuição e também desligar algumas usinas termelétricas.

Desde 2018, o projeto da Energisa com a Amazônia Legal procura modernizar toda a rede elétrica da região. Além de investimentos na estrutura que existe em Rondônia, também foram executadas obras e projetos no Acre. Assim, segundo representantes da própria empresa, os dois estados devem conseguir bons resultados até 2025, quando 18 termelétricas forem totalmente desativadas.

O foco da empresa é na distribuição de energia elétrica para regiões mais afastadas, um problema comum em Rondônia. Atualmente, as termelétricas são responsáveis por isso, mas é algo com data para acabar. As energias limpas devem conseguir ganhar espaço neste serviço e, dessa forma, fazer com que a região se transforme em uma referência em sustentabilidade e também na distribuição de energia de forma eficiente.

Nos últimos anos, o sistema de energia ganhou cada vez mais importância, principalmente com o aumento da demanda. Em Porto Velho, por exemplo, o número de pontos de iluminação na cidade aumentou consideravelmente. No ano de 2016 eram cerca de 23 mil locais com o serviço, e hoje são mais de 100 mil pontos de iluminação disponíveis. Um crescimento importante, mas que gera maior consumo.

Investimento pontual

Para conseguir acompanhar o aumento do consumo, os projetos em andamento visam aumentar a linha de distribuição de energia em Rondônia em mais de mil quilômetros. Assim, a energia limpa estaria disponível para cerca de 200 mil clientes do estado, o que é audacioso por parte da empresa. Essa estrutura é importante para o próximo ano, que deve se iniciar sem as três usinas movidas a óleo diesel que existem na região. 

Todo esse gasto é com um pensamento no futuro, não apenas na sustentabilidade, mas também na economia da Amazônia Legal. Os diretores da Energisa garantiram que a economia com essa nova infraestrutura é de quase R$ 700 milhões anuais. Além disso, serão reduzidos mais de 190 milhões de litros de combustíveis queimados, o que garante uma produção de energia mais limpa em uma região tão importante.

A perspectiva para os próximos meses, principalmente pensando na crise deste ano, é que a energia elétrica no Brasil seja um assunto cada vez mais debatido. Com o aumento de trabalhos remotos, assim como o consumo de conteúdos digitais, fazer uma distribuição de energia limpa e efetiva é uma grande prioridade para os estados, principalmente em Rondônia. São desafios que precisam de projetos e investimentos para serem encarados.

Brasil conectado

Nos últimos anos, o brasileiro caiu de vez no consumo de conteúdos digitais, principalmente com o uso de smartphones. Esses dispositivos são cada vez mais populares e servem para abrir portas para o universo online. Os bancos digitais, por exemplo, não possuem agências físicas e investem para que o aplicativo do celular seja o substituto perfeito. Até o momento, segundo alguns especialistas, o resultado está sendo positivo. Os smartphones também são uma ferramenta para o entretenimento digital, principalmente para os fãs de jogos de apostas. Alguns dos principais cassinos online móveis possuem bônus e aplicativos especialmente projetados para quem gosta de jogar pelo dispositivo. A ideia é mostrar o potencial desses jogos na versão mobile. Isso também acontece com outros tipos de jogos, pois as lojas virtuais dos smartphones costumam ter diversas opções de jogos em todos os estilos possíveis, desde simuladores de corrida até palavras-cruzadas.

Tudo isso significa que mais pessoas possuem smartphones e, como consequência, mais pessoas estão consumindo energia. Ou seja, o gasto de energia é um assunto importante, principalmente pensando no futuro. Neste ano, o trabalho remoto e o maior uso da internet para realizar videochamada mostraram que o futuro será marcado pelo uso das novas tecnologias, que precisam de energia elétrica para funcionar.

O projeto da Energisa é importante para mostrar que Rondônia está no caminho certo, e pensando no futuro de maneira sustentável e econômica. A energia limpa é a solução desses problemas, principalmente com o desligamento das termelétricas. O estado tem alguns desafios por conta da Amazônia, mas isso não significa ser uma causa impossível. Os projetos e as pesquisas servem exatamente para que o investimento seja pontual e resolva os problemas da região.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions