Rondoniagora.com

Rondônia, 27 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Estudantes de arquitetura inovam na construção de móveis e projetam casa de baixo custo

Quinta-feira, 02 Março de 2017 - 07:00 | da Redação


Estudantes de arquitetura inovam na construção de móveis e projetam casa de baixo custo

Dois estudantes de arquitetura resolveram inovar em Porto Velho. Eles desenvolveram um projeto que alia um bom design e muita praticidade. Acompanhando as tendências de mudanças rápidas, os estudantes Lucas Tezzari e Cáio Cunha desenvolveram o projeto Oficina Madmod, que transforma madeira compensada em móveis sem utilizar fixadores como pregos, parafusos ou colas.

Segundo Tezzari, a ideia é utilizar o encaixe inteligente das peças para formar a estrutura final, o que acaba promovendo uma espécie de brincadeira de quebra-cabeça. Para o estudante, o formato também facilita o transporte. Ele explica de onde surgiu a ideia. “Eu sabia desde sempre que precisava buscar o diferente, pois a arquitetura tradicional está cada vez mais caindo na mesmice. Já existem muitos profissionais bons para esse tipo de trabalho aqui e eu percebi que precisava me destacar e mostrar algo diferente”, afirma Lucas.

Apesara de ser novidade na região, já existem projetos semelhantes por vários lugares do mundo. O conceito do trabalho foi inspirado no “wikihouse”, um trabalho de dois designers da empresa 00:/ (‘zero zero’), um estúdio sediado em Londres que pratica inovação radical. Lá, já existem casas construídas da mesma forma dos móveis, usando o encaixe ao invés de fixadores.

Apesar dos estudantes ainda produzirem apenas móveis, existe o planejamento de construir, ainda neste ano, uma residência com o projeto, mas com adaptações. “O encaixe é seguro, existem casas pelo mundo que são só assim, mas a gente acha que para Porto Velho essa ideia não é muito boa pela questão da segurança. Fica fácil para alguém simplesmente desencaixar uma peça, por exemplo, e invadir o lugar”, explica Tezzari.

Segundo ele, a casa terá pequenas partes em ferro e outros materiais, mas a quantidade será mínima. “Faremos só algumas adaptações para que fique apta ao clima e aos moradores daqui”, afirma o estudante de arquitetura. Para eles, o mais interessante da ideia é o baixo custo e a rapidez para construir uma residência com esse material. “Nós ainda não sabemos ao certo, mas acredito que nossa casa vai ficar entre valores de R$ 20 mil ou R$ 25 mil. Uma casa assim, com uma equipe de dez pessoas na execução, fica pronta em cerca de 12 horas”.

Tezzari e Cáio pretendem construir dois modelos, de um piso e outro de dois pisos, e vão morar na estrutura por um período de um ano para testar e fazer os ajustes necessários no projeto. “Muitas pessoas hoje não têm condições para construir uma casa grande. Com essa, a pessoa não precisaria esperar por muito tempo e não gastaria muito e ainda conseguiria viver de forma bem digna, porque a residência em si será bonita e confortável”, acredita.

A empresa MadMod procura por pessoas que queiram inovar e se interessem pelo projeto para ajudar na execução da casa e também ganhar experiência com o trabalho. Os jovens empreendedores também estão atrás de patrocínio. “Nós temos um financeiro limitado, porém dá para colocar o projeto para frente, mas se alguma empresa pudesse ajudar com poucos materiais já seria de grande ajuda”, comenta Lucas.

Quem estiver interessado, pode entrar em contato com a empresa pela página do facebook , pelo endereço de e-mail oficinamadmod@gmail.com ou pelos números: (69) 99330-6006 ou 99218-1598.

Estudantes de arquitetura inovam na construção de móveis e projetam casa de baixo custo
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News