Rondônia, quinta-feira, 26 de novembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 12 de Janeiro de 2010 - 09h32

Fecomércio cobra soluções da Aneel

Assessoria


O vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia, empresário Raniery Araújo Coelho, encaminhou, por carta ao Diretor Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, Nelson José Hubner Moreira, um pedido de providencias urgentes quanto ao Blecaute ocorrido na manha de 08 de janeiro de 2010, no Estado de Rondônia que causou severos transtornos à nossa população e, em especial ao setor empresarial que está contabilizando graves prejuízos econômicos.

Raniery Coelho destacou que “Quando se anunciou que o sistema de Rondônia e Acre seria interligado ao sistema nacional se acenou que a energia, por conta da interligação, ficaria estável e, por fim, teríamos de volta a normalidade de uma energia contínua e sem interrupções”. Porém, para desgosto nosso, está não tem sido a realidade, de vez que “Nos últimos tempos, temos assistido a um crescente número de interrupções da energia que culminou com o grande apagão da última sexta-feira (08), a partir das 9h30 da manh㔠quando Rondônia ficou sem energia elétrica.

A interrupção em pleno horário comercial causou um verdadeiro estrago com o comércio tendo de fechar as portas, com o caos instalado no trânsito pela falta de funcionamento dos semáforos causando pequenos acidentes e engarrafamentos, aparelhos e equipamentos danificados, vendas e produções que deixaram de ser feitas e, sem o funcionamento da internet, perda de oportunidades, informações e negócios foi maior ainda.

O dirigente comercial reclama que, além da falta de energia ter perdurado por mais de 4 horas, não deram qualquer informação sobre as razões nem que providências foram tomadas para que o fato não se repita. Citando, o que é uma preocupação da população, o fato de que o número de quedas de energia significativas (com mais de uma hora de duração) cresceu muito o ano passado e, com esta última de longa duração, cresce o receio de que, apesar de estarmos construindo duas usinas em Porto Velho (Jirau e Santo Antônio), nós iremos viver na escuridão, o empresário pede que “Sejam investigados os motivos e esclarecida qual a verdadeira situação da energia em nosso Estado” para impedir que novos apagões voltem a acontecer. Segundo ele, “Nós de Rondônia, estejamos pagando um alto preço em impactos ambientais e socioeconômicos, para garantir o suprimento de energia necessária ao país e que, apesar de termos, segundo dizem, geração sobrando vivermos, como temos vivido, sob o risco constantes de apagões e mergulhados no escuro”.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions