Rondoniagora.com

Rondônia, 04 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Festcine Amazônia tem mostra de Direitos Humanos nesta terça

Segunda-feira, 10 Novembro de 2008 - 19:24 | Assessoria


Nesta terça-feira o Festcine Amazônia exibe o documentário “Povo marcado”, de Werinton Kermes e Luciana Lopes, a partir das 08h00 no Teatro do SEST/SENAT. Povo Marcado é o nome de um programa de rádio produzido por detentas da cadeia pública de Votorantin, em São Paulo. O documentário, que tem duração de trinta minutos, mostra esse projeto e a necessidade de receber oportunidades de atuação e trabalho durante o cumprimento das penas.

De 12 a 14 de novembro serão realizadas as sessões da Mostra Cinema nos Bairros (Mostra Paralela e Mostra Petrobras). Dia 12 (quarta-feira) no bairro Balsa – Avenida Imigrantes, ao lado do Posto Militar, a partir das 19h00. Dia 13 (quinta-feira), A Mostra realiza sessão no bairro Areia Branca no campo de futebol do loteamento Luiene, partir das 19h00. E na sexta-feira (14) é a vez do bairro JK – Jardim Flamboyant: Rua Jackeline Ferre com Constelação, também a partir das 19h00.

A partir da quarta-feira começam as oficinas. São elas: “Introdução ao Circo”, ministradas por Marco Eldon (Palhaço Bob), no Bairro Baixa União numa tenda de circo em frente ao prédio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), “Introdução a Fotografia” e “Animação”, ambas no CETENE (avenida Jorge Teixeira com avenida Imigrantes) respectivamente ministradas pelo fotógrafo rondoniense Luiz Brito e o cineasta de animação, Lula Gonzaga. As oficinas de Circo e de Fotografia acontecem simultaneamente nos dias 12, 13 e 14 de novembro, das 08h00 ao meio dia, e das 14h00 às 18h00. A de Animação será ministrada nos dias 14, 15 e 16, de 08h00 ao meio dia e das 14h00 às 18h00.

De 12 a 14 de novembro serão realizadas as sessões da Mostra Cinema nos Bairros (Mostra Paralela e Mostra Petrobras). Dia 12 (quarta-feira) no bairro Balsa – Avenida Imigrantes, ao lado do Posto Militar, a partir das 19h00. Dia 13 (quinta-feira), A Mostra realiza sessão no bairro Areia Branca no campo de futebol do loteamento Luiene, partir das 19h00. E na sexta-feira (14) é a vez do bairro JK – Jardim Flamboyant: Rua Jackeline Ferre com Constelação, também a partir das 19h00.

Além das três oficinas, o CETENE também será palco da Mostra a Escola vai ao Cinema nos dias 12, 13 e 14. Durante os três dias acontecem às sessões infanto-juvenis, sempre nos mesmos horários: das 08h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30.

Lembrando que a Mostra Competitiva com a exibição dos filmes convidados acontece nos dias 12, 13 e 14 no Teatro Um do SESC Esplanada, das 14h00 às 17h30 e das 19h00 às 22h30. São eles: Sumidouro, de Cris Azzi, O Pesadelo é azul, direção de Ângelo Lima, Pirinop, meu primeiro contato, documentário de Mari Corrêa e Karané Ikpeng e ainda Soja, em nome do progresso, vídeo de Todd Southgate.

O documentário Sumidouro, com duração de 71 minutos, registra o processo de migração de duas comunidades que foram alagadas pela construção da Usina Hidrelétrica de Irapé, no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. O documentário foi premiado como o melhor filme no 10th Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA). A segunda produção convidada é O Pesadelo é azul, com roteiro, produção e direção de Ângelo Lima abordando acidente radioativo acontecido em Goiânia, um dos maiores que ocorreram no mundo.

O documentário Pirinop, meu primeiro contato, realizado a quatro mãos pelos cineastas Mari Corrêa e Karané Ikpeng e produzido pela Vídeo das Aldeias. O filme mostra o primeiro contato dos índios Ikpeng com o homem branco numa região próxima do Xingu, no Mato Grosso. Este documentário recebeu inúmeros prêmios como nacionais e internacionais como o Prêmio Horizonte - Internacional Documentary Film Festival Munich, Grande Prêmio Rigoberta Menchú - Présence Autochtone Canadá, entre outros.

Soja, em nome do progresso, título do quarto filme convidado, dirigido por Todd Southgate, é um documentário que tem como tema os impactos socioambientais que a expansão da fronteira da soja está causando na região de Santarém, no estado do Pará.

A 6ª edição do Festival com o tema “Não – A Natureza não pode sair de cena” acontece em Porto Velho, Rondônia no período de 10 a 15 de novembro no SESC ESPLANADA, com entrada franca. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News