Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

IEL abre inscrições para programa de iniciação científica e tecnológica

Terça-feira, 27 Maio de 2008 - 14:34 | Assessoria


O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) está com inscrições abertas até 11 de julho para o Programa de Iniciação Científica e Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas (Bitec). A iniciativa, que conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Conselho Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), oferece 600 bolsas para que estudantes de nível superior ou superior tecnológico desenvolvam projetos de empreendedorismo, inovação tecnológica ou melhorias de gestão em micro e pequenas empresas.

A empresa enfrentava problemas crônicos de funcionários afastados por dores musculares causadas por uma raspadeira usada para extrair a carne da cabeça de suínos. Quando os afastamentos chegaram a oito num só mês, a empresa suspendeu o uso do equipamento, passando a descartar com as carcaças centenas de quilos de carne que não podia ser retiradas sem a máquina.

O frigorífico da Cooperativa Central Oeste Catarinense (Aurora) aumentou seu faturamento mensal em mais de R$ 3.500 e acabou com o absenteísmo por dores musculares graças às melhorias tecnológicas desenvolvidas por Vilmar Dalapria, estudante de Tecnologia em Manutenção Industrial do SENAI e bolsista do Bitec 2007.

A empresa enfrentava problemas crônicos de funcionários afastados por dores musculares causadas por uma raspadeira usada para extrair a carne da cabeça de suínos. Quando os afastamentos chegaram a oito num só mês, a empresa suspendeu o uso do equipamento, passando a descartar com as carcaças centenas de quilos de carne que não podia ser retiradas sem a máquina.

Foi quando a MSD Montagens Industriais, que presta serviços ao frigorífico, recorreu ao programa Bitec para ter um estudante de tecnologia debruçado sobre o problema. As inovações desenvolvidas por Dalapria reduziram o peso da máquina em 40% e transferiram seu acionamento manual para um pedal. Renovada, a raspadeira voltou a ser usada, aumentando a produção da empresa com zero de absenteísmo. Entusiasmada, a cooperativa contratou Dalapria e passou a incentivar outras iniciativas voltadas ao aprimoramento tecnológico.

Mais informações: www.iel.org.br
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News