Rondônia, sábado, 31 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 23 de Julho de 2009 - 13h27

Infectado com gripe suína era jovem japonês de 21 anos, diz Governo

Decom


A Agência de Vigilância Sanitária em Rondônia (Agevisa) divulgou na tarde desta quarta-feira (22), o primeiro caso de gripe suína registrado oficialmente no Estado. Desde os primeiros casos no Brasil, 08 suspeitas foram registradas em Rondônia e apenas uma confirmada. Todos os pacientes, inclusive o caso confirmado, foram curados e receberam alta médica. A propagação do vírus também não foi identificada. No momento não há nenhum caso suspeito nem paciente à espera de exames.

O paciente de 21 anos que veio do Japão, chegou a Rondônia apresentando os sintomas da gripe suína. Foi atendido pela rede básica e há cerca de 15 dias encaminhado ao Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron). O jovem viajou junto com o pai, que também apresentou sintomas de gripe, porém depois de exames foi constatado que ele não portava a doença.

Divulgação após confirmação com diagnóstico preciso

“No Cemetron foi feita todos os atendimentos indicados. A coleta de materiais foi feita e encaminhada para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, onde foram feitos os exames. O instituto é um dos três únicos laboratórios brasileiros habilitados para realização dos testes. O Adolfo Lutz é responsável pelos exames da região norte do País. Os resultados foram encaminhados através de e-mail para vigilância, as 13h12, da última quarta-feira (22). A divulgação aconteceu logo em seguida e foi feita após a confirmação laboratorial, com um diagnóstico preciso”, explicou Marcos Ferreira, gerente de epidemiologia da Agevisa.

Uma médica do Cemetron, que teve contato com o paciente, também apresentou os sintomas da gripe, porém o caso não foi confirmado. Desde o início dos primeiros casos no Brasil foram registrados 08 casos suspeitos em Rondônia. Do total, apenas esse caso foi confirmado. Até então Rondônia era o único Estado que não havia apresentado casos da doença. Os outros 07 pacientes não estavam contaminados com o vírus. Todos os casos foram monitorados pela Agevisa.

Nenhum caso suspeito e nem pacientes a espera de exames

“Um ponto importante sobre os casos suspeitos e o confirmado é que todos foram curados e receberam alta médica. Mesmo o paciente que estava com a doença não mais propagou o vírus. Desde que ele foi atendido pela primeira vez no Cemetron, até a alta médica e confirmação, nenhum outro caso foi identificado. Nos últimos 15 dias nenhuma suspeita foi registrada. Nem mesmo de pessoas que tiveram contato com o paciente”, destacou Zilda Barroso, coordenadora estadual da Influenza.

No momento não há nenhum caso suspeito e nem pacientes a espera de resultados de exames. A Agevisa mantém todos os dados sobre a doença e contato direto com o Grupo Técnico da Influenza (GT-I). O grupo registra os casos nacionalmente. Se necessário o Laboratório Central de Rondônia (Lacen) está preparado para realizar coleta de material para exame. A vigilância em saúde estadual também mantém um serviço de registros e informações 24 horas, que podem ser obtidas pelo telefone 9979-0892.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions