Rondônia, segunda-feira, 20 de novembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 08 de Abril de 2008 - 09h55

JUIZ ADMITE NÃO EXISTIR ELO DE LIGAÇÃO ENTRE IVO JÚNIOR E A QUADRILHA PRESA NA OPERAÇÃO TITANIC; CONFIRA O RELATÓRIO DA JUSTIÇA

RONDONIAGORA.COM


Diferente das fortes evidências que a Justiça encontrou contra Mário Calixto Filho (O Estadão do Norte), apontando inclusive que ele havia enganado os chefes do esquema de fraude fiscal e evasão de divisas, Adriano Mariano Scopel e Pedro Scopel, não há nos autos qualquer prova que incrimine Ivo Júnior Cassol. Esse fato é apontado pelo juiz Pablo Coelho Charles Gomes, da 1ª Vara Criminal da Sessão Judiciária Federal do Espírito Santo, que mesmo diante da incerteza considerou que a prisão se fazia necessária. “Há comprovação de associação estável? De fato Não há, mas agora se trabalha em meio a juízo de probabilidade e não em meio a juízo de certeza e o escopo da medida cautelar (prisão temporária) é exatamente obter mais elementos probatórios para a investigação, elementos que não creio, possam ser obtidos de outro modo, em especial, porque se aproxima o momento de deflagração da operação”, disse após fazer ilações sobre os fatos que desencadearam investigações sobre Ivo Júnior. O juiz enumera oito fatos que considera fundamentais, daí a decretar a prisão por cinco dias:1- Adriano entra em contato com Ivo Júnior, que lhe pede para conseguir ingressos do GP de Fórmula 1.

2- A intenção de Adriano é refletida, de forma implícita no dialogo com a irmã, Fabiana: ela pergunta qual o motivo que ele arcaria com elevado valor (R$ 29 mil, sendo R$ 5.800 cada ingresso) para ingressos a terceiros. Ele responde: ah, advinha.

3- Antes de se encontrarem no GP de Fórmula 1 no Brasil, Adriano conversa com Ivo Júnior: tenho que bater um papo aí, tem coisa boa pra gente, queria bater um papo com você também. Ivo Júnior responde: conversamos aqui pessoalmente, daí. Na visão do juiz isso se resume ao seguinte: “DE MODO QUE IVO JÚNIOR SABIA QUE ADRIANO NÃO ESTAVA PAGANDO EM SEU FAVOR ELEVADO VALOR PELOS INGRESSOS POR MERA LIBERALIDADE”.

4- Ivo Júnior e Alessandro, obtêm a vantagem em questão, visto que assistiram ao GP de Fórmula 1 às expensas de Adriano, em local especial, de ingresso de elevado custo.

5- Um dia depois do GP de Fórmula 1, Ivo Júnior, Alessandro e seguranças foram vistos desembarcando juntamente com Adriano no Aeroporto de Vitória (ES) e embarcando nos mesmos veículos. É estranho, diz o juiz, o fato de Ivo Júnior e Alessandro encaminharem-se para Vitória, com Adriano, visto que são de Rondônia, sendo inclusive, que, pelo que há nos autos eles, Ivo Júnior e Alessandro, apenas conhecerem Adriano no dia anterior.

6- A partir desse ponto há o que o juiz entende como as situações prováveis de um suposto envolvimento e que atingem na realidade o primo de Ivo Júnior, Alessandro Cassol Zabott (Cebola), que teria intermediado conversas com o secretário José Genaro, mas obteve informação de que apenas o governador Cassol poderia resolver. O relato é de um funcionário de Adriano, Aguilar de Jesus: “eu vim com o Cebola na secretaria de Fazenda pra falar com o Genaro, fiquei do lado de fora. Cebola entrou, o secretario falou com ele que nosso benefício está suspenso até segunda ordem do governador”. Nos relatos telefônicos interceptados a seguir, consta que o secretário disse que nada poderia fazer.

7- Segundo o juiz, em janeiro desse ano, Ivo Júnior conseguiu reunião entre Adriano Scopel e o governador Cassol.

8- De fato concreto após esse encontro nada aconteceu, mas o juiz considera ao contrário, uma vez que em contatos com outros membros da quadrilha, Adriano Scopel pediu para que seu representante em Rondônia, Ronaldo Benevídio dos Santos esquecesse contatos entre uma pessoa de nome Anibal e o secretário Genaro. “Esquece o Anibal, entendeu? Tava em reunião até agora com o pessoal aqui no Rio. Tá tudo certo já”.
CLIQUE NO LINK ABAIXO E CONFIRA O RELATÓRIO DA JUSTIÇA:




Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions