Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Ligações clandestinas comprometem abastecimento nos bairros da Zona Leste da Capital

Sexta-feira, 18 Abril de 2008 - 16:47 | Assessoria


A Caerd – Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia está adotando várias medidas operacionais que serão complementadas com as obras do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento (ação do Governo Federal em conjunto com o Governo Estadual) para acabar de vez com os problemas de abastecimento dos bairros da Zona Leste de Porto Velho. Mas de acordo com a presidente da Caerd, Rosinete Gomes Sena os problemas se agravam em decorrência do número excessivo de ligações clandestinas.

“A Caerd reconhece a existência de problemas de ordem operacional, principalmente na malha da rede de distribuição de água, o que tem gerado o desequilíbrio hidráulico no Sistema de Abastecimento que é responsável por atender os bairros JK-I, II e III, Tancredo Neves e parte do Socialista”, declara a presidente da Caerd.

Mas segundo Rosinete Sena o problema é em decorrência do mau uso da água por parte de grande parcela dos consumidores que contribuem para o elevado índice de desperdício através de ligações irregulares, clandestinas, instalações hidráulicas internas inadequadas, precárias, dentre outros. “Aliado a isto, outro fator que contribuiu sobremaneira e impactou na distribuição regular da água, foi o acelerado crescimento populacional destas áreas da Zona Leste”, complementou.

A presidente da Caerd destaca as ações da companhia, incrementado inclusive a partir de novembro do ano passado, no sentido de diagnosticar os problemas técnicos para que possa ser efetivado o combate diretamente e assim, restabelecer gradativamente o equilíbrio hidráulico na distribuição de água e melhorar o atendimento nos bairros acima. Mas Rosinete Sena informa que a solução definitiva somente virá, inclusive para os bairros não atendidos, com as obras que visam à melhoria dos Sistemas de Abastecimento, como também, a universalização do uso da água tratada a toda população urbana da cidade de Porto Velho, cujo às ações, estão previstas no Programa de Aceleração do Crescimento - PAC do Governo Federal que destinou recursos para execução das obras e que já estão sendo licitadas através do Governo do Estado de Rondônia.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News