Rondônia, sexta-feira, 5 de junho de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 01 de Abril de 2020 - 17h07

Mais de 140 casos de dengue são registrados entre janeiro e março em Porto Velho; ações para conter avanço continuam

da Redação


Mais de 140 casos de dengue são registrados entre janeiro e março em Porto Velho; ações para conter avanço continuam

Apesar dos esforços da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho estarem voltados para a combate a proliferação do Coronavírus, outras ações continuam sendo realizadas. Uma delas é a eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunyua.

Conforme dados do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), de janeiro a 20 de março foram registrados 141 casos de dengue, dois de chikungunya e 13 de zika. Apesar de serem menos letais que a Covid-19, são doenças também têm alta incidência de transmissão e podem influenciar para lotar as unidades de saúde.

Desta forma, segundo Almir José da Silva, gerente do DVS, por conta da pandemia do Coronavírus, houve mudanças na forma de conter o avanço das doenças causadas pelo vetor Aedes aegypti. “Tivemos que mudar a nossa programação. Não estamos fazendo visita casa a casa, estamos com as nossas equipes atuando nos pontos estratégicos, com tratamento e eliminação dos criadouros, tratamento perifocal e orientações de prevenção”.

Os pontos considerados como estratégicos são: borracharias, ferros velhos, lava a jato, cemitérios. Nas casas, o gerente orienta que as próprias famílias eliminem os focos, já que a maioria está em casa, por conta do isolamento social. A recomendação é não deixar vasos, garrafas ou qualquer objeto que possa acumular água e se tornar um depósito de larvas do mosquito.

Como o serviço de combate à proliferação do Aedes aegypt é determinante para o controle dos casos de dengue, a atuação das equipes de combate às endemias é essencial para a saúde pública, mas para evitar o contato social, não está havendo visita nas casas, informou Almir, que completou que as equipes estão atuando com todas as medidas de segurança necessárias.

As ações da prefeitura vêm ocorrendo desde o final do ano passado, período em que aumenta o índice de chuvas e, por consequência, há mais locais propensos a se tornarem criadouros do mosquito. Uma das ações de combate e controle da dengue foi realizada em Jaci-Paraná no período de 11 a 14 de dezembro de 2019, com esforços em conjunto das secretarias municipais da saúde, vigilância em saúde, ambiental, epidemiológica e a secretaria municipal de obras.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions