Rondônia, terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 12 de Fevereiro de 2008 - 15h42

Moreira Mendes questiona dados sobre desmatamento em Rondônia

Assessoria


Em discurso no plenário da Câmara, nessa segunda-feira, o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO) condenou veementemente o tratamento dado pelo governo federal ao estado de Rondônia na questão ambiental. Ele desmentiu os dados do Ministério do Meio Ambiente sobre o avanço do desmatamento na região e assegurou que, dentre os estados que sofreram punições, Rondônia é o único cujo Zoneamento Socioeconômico e Ecológico está definitivamente implantado, em conformidade com o Código Florestal. Para o deputado, o governo federal está cometendo uma grande injustiça contra o estado ao punir municípios prósperos como Pimenta Bueno, Machadinho, Cujubim, Buritis e Porto Velho, que são compostos de gente trabalhadora, que produz alimentos para o País. "Essas pessoas não são bandidas. Mas, lamentavelmente, o governo, com base em informações inverídicas, impróprias, inadequadas, tomou providências precipitadas, prejudicando a população", disse ele. Moreira Mendes lembrou, ainda, que a Gerência de Informática, Sensoriamento Remoto e Climatologia da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (SEDAM) é da mais alta qualidade, com técnicos que fazem um trabalho sério e um acompanhamento dia a dia, mês a mês, ano a ano, sobre a questão ambiental do desmatamento em Rondônia.
O que acontece de errado na questão ambiental rondoniense – acrescentou Moreira Mendes - está nas áreas de reserva do próprio Governo Federal, pela sua incapacidade de acompanhar efetivamente o que acontece na região. E como exemplo dessa incapacidade do governo citou o caso da Floresta Nacional do Bom Futuro, que está literalmente invadida há mais de 20 anos, sem que o governo federal tome uma única providência para impedir sua ocupação. "É lá que ocorre o desmatamento. É lá que ocorre a ilegalidade, assim como ocorre em outras áreas de preservação permanente - até do Estado de Rondônia, mas por falta de fiscalização, especialmente do governo federal".
Traição
Num desabafo, Moreira Mendes disse que "mais uma vez, o governo federal vira as costas para o nosso povo, trai o nosso povo, como se lá em Rondônia só existissem bandidos". E alertou: "Aqueles que imaginam que a Amazônia é feita somente de árvores, somente de animais, de seringueiros, de índios e beiradeiros, estão enganados. Na Amazônia vivem mais de 22 milhões de brasileiros que precisam ser assistidos, que precisam ter voz, que precisam ser ouvidos. Não é em gabinetes que se fazem propostas para defender a Amazônia e para defender o meio ambiente", concluiu.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions