Rondônia, sábado, 28 de novembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sexta, 15 de Janeiro de 2010 - 14h52

MP recebe da Agevisa notas técnicas sobre a dengue

MP-RO


O Ministério Público de Rondônia recebeu, nesta sexta-feira (15), notas técnicas elaboradas pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), que detalham a situação epidemiológica da dengue no Estado. Com base no documento, as Promotorias de Justiça da Saúde na capital e interior poderão expedir recomendações aos prefeitos de Rondônia para que elaborem decretos determinando à população ações obrigativas no combate à dengue, incluindo penalidades. Uma das medidas que poderá ser recomendada é a aplicação de multa para proprietários de terrenos ou imóveis que estejam em desacordo com as orientações dos órgãos de saúde, no que se refere à proliferação do mosquito transmissor da doença.

As notas foram apresentadas durante palestra de orientação técnica sobre a dengue, destinada a Promotores de Justiça e servidores da saúde de todo o Estado. O evento, realizado na Sala de Reuniões da Procuradoria-Geral de Justiça, em Porto Velho, foi transmitido por meio do sistema de videoconferência às Promotorias de Justiça do interior de Rondônia, com canais de interatividade.

O documento entregue pela Agevisa ao MP discorre sobre o histórico da dengue em Rondônia, desde 1997, quando os primeiros casos da doença começaram a ser notificados no Estado. A nota traz os parâmetros definidos para a situação de iminente perigo à saúde e apresenta a tabela dos municípios em situação de maior risco, grupo prioritário para as intervenções de controle: Jaru, Cacoal, Ariquemes, Pimenta Bueno, Guajará-Mirim, Vilhena, Porto Velho, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Buritis, Ouro Preto do Oeste, Espigão do Oeste, Machadinho do Oeste, Nova Brasilândia, Nova União, Mirante da Serra e Seringueiras.

Palestra - A palestra com orientações técnicas sobre a dengue foi uma ação articulada entre o Ministério Público, por meio do Centro de Apoio Operacional Cível (CAO-Cìvel), e o Comitê Estadual de Combate à Dengue, formado por MP, Agevisa, Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron).
Durante o evento, que teve a participação de representantes dos órgãos que compõem o Comitê, o consultor do Ministério da Saúde, Carlós de Melo, falou das ações que podem ser promovidas para o combate à doença. O sistema de videoconferência possibilitou a interação de servidores da área de saúde e Promotores de Justiça do interior com o palestrante e técnicos reunidos na Capital. Como resultado, mais de 30 questionamentos foram encaminhados e respondidos pelos integrantes da mesa.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions