Rondônia, sábado, 24 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sexta, 16 de Outubro de 2009 - 23h24

Operação “lava jato” do GIC limpa cidade com mais cinco presos

GIC - RO


Na caça a foragidos da Justiça em todo o Estado de Rondônia, combate ao tráfico de drogas, roubos e outros crimes, policiais do GIC – Grupo de Investigações e Capturas da Secretaria de Segurança do Estado mandaram para a cadeia mais cinco suspeitos de tráfico de entorpecentes, na chamada operação “lava jato”. Reginaldo Sales da Silva, 25, Alan Bruno da Silva, 20, Gabriela Aflaio Cordovil, 21, Pérola Aflaio, 25, e Valnei Marques de Moraes, 29, estavam na Rua São Paulo, bairro Areal em uma suposta “boca de fumo” e foram conduzidos hoje, 16, por volta das 10 horas, a Central de Polícia.

Mandado de Prisão

A equipe do GIC com apoio da guarnição do cabo PM Gusmão – PM William e Pantoja - em cumprimento a um Mandado de Prisão, expedido pelo juiz Glodner Luiz Paulleto, foram a Rua São Paulo, haja vista denúncias de que no local existia comércio de entorpecentes e armas de fogo.

Quando os policiais chegaram os acusados jogaram a droga no vaso sanitário, mas foram impedidos pelos policiais do GIC  e da guarnição do cabo Gusmão. A Polícia apreendeu ainda 1 kg de substância oxidada e 16 invólucros de substância entorpecente, R$ 600, em espécie e R$ 38, em moedas. Os suspeitos disseram que o dinheiro era produto da venda da droga. Um veículo Corsa de placa NBD 1330 e outros objetos também foram apreendidos. O veículo foi levado ao pátio do Detran.

O comércio

Reginaldo da Silva, assumiu ser o dono da droga apreendida e que das 12 horas às 16 horas diariamente ele e sua esposa, Pérola Aflaio colocavam a droga em saquinhos para a venda.  Depois de pronto entregavam  para que Alan Bruno fizesse  “correr” na mercearia do tráfico. O Valnei tinha a função de fornecer a pedra oxidada para Reginaldo se desfazendo  do produto para a venda.

Perigosos

De acordo com o Boletim de Ocorrências, os presos são os principais fornecedores de droga da região do Areal, sendo temidos pelos moradores do local em virtude das ameaças que fazia a cada instante. Em uma casa ao lado os policiais apreenderam com Alan R$ 15, uma câmara digital, dois aparelhos celulares, uma capa de colete da PM, dois aparelhos de som automotivo.

Os suspeitos impunham terror na área, pois obrigavam a vizinhos cederem seus quintais para a prática do tráfico. Foi graças a campanas feitas pelo GIC que tudo foi descoberto.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions