Rondoniagora.com

Rondônia, 01 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Para Sindsef, pressão em Brasília começa a fazer efeito junto ao governo federal

Sexta-feira, 04 Abril de 2008 - 16:23 | Assessoria


O Sindicato dos Servidores Públicos Federais (SINDSEF) participou, juntamente com os demais sindicatos do pais, no último dia 26 de março, de passeata em frente ao Congresso Nacional e Palácio do Planalto, para reivindicar a inclusão dos servidores do ex-território na tabela de aumento salarial apresentada pela equipe do Ministério do Planejamento e a paridade entre os servidores aposentados.

O senador Valdir Raupp, fez um pronunciamento no Senado Federal, pedindo a inclusão desses servidores e foi aparteado pelo senador Romero Jucá, líder do governo. O resultado prático da pressão do sindicato junto aos parlamentares e os parlamentares junto ao governo.

Além desses parlamentares, a equipe do Sindsef esteve com a deputada federal Marinha Raupp, Eduardo Valverde e Mauro Nazif que se comprometeram em ajudar na questão da inclusão desses servidores ativos e inativos.

O senador Valdir Raupp, fez um pronunciamento no Senado Federal, pedindo a inclusão desses servidores e foi aparteado pelo senador Romero Jucá, líder do governo. O resultado prático da pressão do sindicato junto aos parlamentares e os parlamentares junto ao governo.

A marcha do dia 26, que reuniu Condsef e Sindsef (RO) e diversas entidades do setor público, levando mais de cinco mil à Esplanada, impulsionou a luta e garantiu vitória importante. Duas reuniões consecutivas no Ministério do Planejamento foram determinantes para assegurar o aumento nos reajustes de mais de 300 mil servidores aposentados e pensionistas.

Um aditivo incluído nas propostas para a Seguridade Social (Previdência, Saúde e Trabalho) e PGPE (Plano Geral de Cargos do Poder Executivo) fez o valor da gratificação fixa saltar de 30 para 50 pontos, aumento a questão da paridade. Em 2008, serão garantidos 40 pontos retroativos a 1º de março. A partir de 2009, aposentados e pensionistas passam a receber os 50 pontos fixos. Nos próximos dias o Planejamento deve encaminhar tabelas salariais com os valores reajustados.

O presidente do Sindsef, Herclus Coelho, comemorou o avanço no combate ao desrespeito à paridade e avisou que a luta pelo cumprimento integral desse direito, segue a todo vapor. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News