Rondônia, quinta-feira, 20 de setembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 10 de Setembro de 2008 - 11h57

PARANÁ PODE TER 4 SENADORES, DIZ IMPRENSA ONDE GURGACZ MORA

RONDONIAGORA.COM


A imprensa do Paraná tem acompanhado de perto a briga entre o senador Expedito Júnior (PR) e o empresário de lá, Acir Gurgacz, pela vaga no Senado. Ontem, o jornal Gazeta do Povo destacou a decisão da Mesa Diretora que mantém Expedito no cargo, até julgamento do mérito transitado em julgado pela Suprema Corte brasileira, e afirma que, caso Gurgacz vença a batalha, o Paraná é quem ganha um senador e será, neste caso complemente inédito no Brasil, a única unidade da federação a ter quatro membros no Senado.

“O Senado pode ter quatro paranaenses a partir de 2010. O que parece surreal está perto da realidade graças a uma trama que envolve compra de votos, cassação de mandato e um estado cuja capital, Porto Velho, está a 2412 quilômetros de distância de Curitiba. A história começa nas eleições de 2006 em Rondônia, mas passa por Cascavel, no Oeste paranaense.”,
diz trecho da reportagem.

O jornal paranaense alerta que, Acir assumindo a vaga no senado sai em seguida para a disputa ao Governo, deixando no cargo o suplente, o pai dele Assis Gurgacz, que sequer mora em Rondônia. Em outras palavras, a imprensa do Paraná faz um sutil crítica aos eleitores rondonienses que votaram em alguém que vive a 2,5 mil quilômetros de distância.

“Mas em qual parte da história entra o Paraná? Acir Gurgacz é filho de Assis Gurgacz, fundador da União Cascavel de Transportes e Turismo (Eucatur), primeira empresa de ônibus a fazer a linha Norte-Sul do Brasil, na década de 70. E Assis Gurgacz, o pai, é suplente de Acir no Senado, mesmo morando em Cascavel.”


A matéria do Gazeta do Povo também fala sobre a ficha corrida do pretensos futuros senadores Acir e Assis Gurgacz.

“Assis também é alvo de uma investigação da Polícia Federal que apura fraudes em empréstimos da Eucatur junto ao Banco da Amazônia S.A. Há quatro meses, a superintendência da PF de Manaus confirmou irregularidades no repasse de pelo menos R$ 3 milhões. Assis negou, mas a mancha permanece.”


O jornalista André Gonçalves termina o artigo da coluna Conexão Brasília com a seguinte indagação:

“Enquanto o emaranhado judicial de ambos os lados não se resolve, o Paraná segue com três senadores, assim como as demais 26 unidades da federação. O inegável é que Assis, mesmo eleito por uma chapa de Rondônia, tem laços mais fortes com os paranaenses. Difícil é garantir por A+B que, nesse caso, quatro seria melhor que três.”



Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions