Rondônia, terça-feira, 10 de dezembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 09 de Dezembro de 2008 - 12h01

Pesquisa de professora da UNIRON aprovado pelo CNPq

Assessoria


Pesquisa de professora da UNIRON aprovado pelo CNPq
Desenvolvido pela professora doutora Nelice Batistelli Serbino da UNIRON o Projeto de Pesquisa “Levantamento da Biodiversidade de Dípteros Necrófagos na Região Amazônica” foi aprovado pelo Edital MCT/CNPq/CT - Amazônia Nº 55/2008 no início do mês de dezembro. O desenvolvimento do projeto será realizado em dois anos, contando com coletas mensais em área urbana, rural e silvestre.

O projeto está inserido na linha de pesquisa que envolve conhecimentos específicos de Zoologia e Ecologia e é direcionado para a área de Biologia. A Profª. Drª. Nelice Serbino orienta os acadêmicos do curso de Biologia, Roberto Ataíde Batalha de Araújo e Isaias Ferreira da Silva e conta com a participação indireta do Profº. Pós-Doutor Wesley Augusto Conde Godoy da UNESP - Universidade Estadual Paulista.
Para professora o projeto visa complementar os conhecimentos adquiridos teoricamente, “Vamos desenvolver competências e habilidades para o futuro pesquisador, no caso, nossos acadêmicos que estão trabalhando seriamente no projeto”, disse.
O foco do estudo é identificar as espécies de dípteros necrófagos sinantrópicos da Região Norte. Essas espécies são popularmente conhecidas como moscas varejeiras e estão relacionadas diretamente com o homem. A intensidade da presença de moscas junto às comunidades humanas determina o seu grau de sinantropismo. Quanto maior o número de espécimes de moscas, maior o agravo às condições de saúde das comunidades

Os dados gerados pela pesquisa trarão importantes informações sobre as alterações produzidas pelo homem no ambiente, uma vez que os espécimes pertencentes a essa família são de grande importância para o homem, seja do ponto de vista biológico: sendo utilizada como indicadores forenses, pois indicam o tempo post-mortem e ou utilizadas em tratamentos médicos, onde as larvas de algumas espécies alimentam-se de tecidos necrosados; seja do ponto de vista médico-veterinário: causadores de miíase (no homem e em animais), ou como veiculadores de patógenos, agravando as condições de saúde das populações humanas e dos animais domésticos.

O acadêmico, Roberto Ataíde Batalha de Araújo, do curso de Biologia, diz que participar de uma pesquisa desse porte é muito importante para um acadêmico, pois é um projeto pioneiro em nossa região, “Contamos com a estrutura da faculdade e com uma excelente orientação, ótimo laboratório e trabalho em equipe, fatores que contribuem para o aperfeiçoamento das minhas habilidades como acadêmico de Biologia. Esses são meus primeiros passos como pesquisador”, finaliza.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/pesquisa-de-professora-da-uniron-aprovado-pelo-cnpq)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions