Rondônia, quinta-feira, 22 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 25 de Agosto de 2009 - 10h15

PM esclarece duplo homicídio na cidade de Vilhena

folhadosulonline.com.br


A Polícia Militar de Vilhena precisou de meia hora para capturar os envolvidos nas mortes dos jovens Wagner Wesley, 19 e Deivid Elói Soares, 20. O crime aconteceu na rua 1.509, no bairro Cristo Rei, onde morava Wagner. André Duarte Ribeiro e Fábio Duarte foram presos a poucos metros do local do homicídio. Após o depoimento do primeiro, também foi preso o ex-detento Miguel Vidal, acusado de ser o autor dos disparos que mataram os irmãos.

De acordo com a tia de uma das vítimas, dona da casa onde aconteceu o fato, dois rapazes chegaram de bicicleta e começaram a conversar com Wagner e Deivid. Em poucos instantes, a discussão que havia começado por causa de dívidas de drogas, acabou em luta corporal.

Ao chegarem à Delegacia de Polícia Civil para prestarem depoimentos, os dois acusados da execução pareciam estar drogados. Os irmãos apresentavam visível dificuldade para falar. De acordo com o depoimento de Fábio, o primeiro a ser ouvido, o irmão desferiu três tiros de revólver calibre 38 em Wagner e um na cabeça de Deivid, que morreu na hora. Já Wagner, mesmo atingido, continuou agonizando e foi atacado a facadas pelo próprio André. Caído, o rapaz levou dez estocadas em várias partes do corpo.

Já André deu versão diferente: ele assumiu participação no crime, mas delatou outro envolvido no caso. Segundo disse, os tiros haviam sido dados por Miguel Vidal, que havia sido libertado da Casa de Detenção na semana passada, após cumprir pena por roubo. O próprio homicida, que teria desferido as facadas em Wagner, levou os policiais até a casa de Fábio, onde Miguel estava escondido, bebendo cachaça com outros homens, mas nenhum deles implicado nas mortes.

Ouvido ainda na noite de ontem, Vidal confessou o crime e disse que havia ido ao encontro dos rapazes apenas para conversar, já que eles viviam lhe ameaçando. O homicida alega que só disparou contra os irmãos porque eles ameaçavam lhe espancar. Tanto ele quanto André, foram presos imediatamente. Fábio só teria participado do crime na condição de cúmplice, ao dar abrigo aos assassinos.

A polícia não tem dúvida de que o crime é um acerto de contas entre os rapazes por causa de dívidas de entorpecentes. Deivid, inclusive, havia sido preso na quinta-feira da semana passada, por porte de drogas e liberado logo em seguida, já que a quantidade de tóxico apreendida com ele não configurava tráfico e sim consumo.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions