Rondônia, segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Segunda, 16 de Maio de 2016 - 12h17

Polícia procura vaqueiro que abusou de criança de 10 anos

Da Redacao


A Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste procura o vaqueiro Jonis Rivel de Oliveira, 39 anos, mais conhecido como “Gazão”, que trabalha em uma fazenda na Linha 211, teve a prisão decretada por estupro de vulnerável, sob a acusação de ter abusado sexualmente de uma enteada de 10 anos, mas começou a ser submetida aos atos criminosos quando tinha apenas 8 anos. O caso aconteceu no Bairro Jardim Aeroporto.   

Em depoimento às autoridades policiais, a menina deu detalhes dos abusos que sofria, como a prática de sexo oral. Assim que a mãe, uma comerciária de 32 anos, tomou conhecimento dos fatos e levou a menina na Delegacia para prestar depoimento, Jonis Rivel evadiu-se de Ouro Preto.

A vítima revelou em depoimento como o “tio” Gazão, que conviveu por 6 anos com mãe dela a seduziu, e passou a frequentar seu quarto, a partir do dia que a mãe mudou o horário de trabalho e tinha que sair de casa às 6 horas da manhã deixando-a filha então e outra menina de 6, aos cuidados do padrasto. Jonis entrava no quarto da menina, iniciava seus atos libidinosos, e a julgar pelo depoimento da vítima era questão de tempo para o pedófilo iniciar abuso sexual com penetração. Ele só não o fez porque a menina é muito pequena, e tem o corpo franzino.

Segundo revelações da mãe, no dia 29 de abril a filha a chamou e disse que sempre estava com vontade de vomitar, e diante do prolongado sofrimento pelos abusos sofridos, ela falou na frente do padrasto que precisava contar algo. “Mãe, eu preciso contar uma coisa para a senhora porque eu não aguento mais: eu e meu tio Gazão estamos tendo um lance”, revelou a criança. A mulher ficou atônita com a declaração da filha e se dirigiu ao seu companheiro para perguntar se era verdade o que a menina havia dito, e ele respondeu que o máximo que tinha feito foi dar um beijo na boca da criança.

As declarações da menina deixam claro que ela sofreu muito nas mãos do padrasto pedófilo, que a intimidava exigindo sigilo sobre tudo o que praticava sob ameaça de agressões contra ela e que mataria a sua mãe. A menina está recebendo o acompanhamento de uma psicóloga.

O delegado Roberto dos Santos da Silva, que pediu a prisão do pedófilo, disse que Jonis repassou para a mãe alguns detalhes dos abusos, admitiu inicialmente pra ela que teria dado apenas um beijo na boca criança, mas a investigação confirmou que ele praticou atos libidinosos diversos e gravíssimos, por isso a sua prisão foi decretada pelo juiz Haruo Mizusaki. 

O delegado responsável pelo Inquérito disse que quando a menina foi levada à Delegacia pela primeira vez para contar detalhes dos abusos sofridos percebeu sentimento de aflição, angustia medo e insegurança demonstrados pela criança que era abusada pelo padrasto. “Ela aparentava estar com muito medo, queria sair de Ouro Preto e pediu inclusive para ficar na casa do pai biológico, que mora em outra cidade. Ela já tinha passado por tudo aquilo, e não merecia passar por aquele terror também”, lamenta o delegado.

Roberto dos Santos solicitou que quem souber do paradeiro de Jonis Rivel Oliveira, ou “Gazão”, comunique na Delegacia de Ouro Preto pelo telefone 3461-2355 ou na Delegacia ou quartel da PM mais próximo. “Tem um mandato de prisão contra ele, encontra-se foragido e o que nós temos aqui é mais um estupro de vulnerável”.   


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/policia-procura-vaqueiro-que-abusou-de-crianca-de-10-anos)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions