Rondônia, terça-feira, 18 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 19 de Julho de 2018 - 12h13

Por ano, cerca de 13 mil crianças e adolescentes são intoxicadas por remédio no Brasil

da Redação


Por ano, cerca de 13 mil crianças e adolescentes são intoxicadas por remédio no Brasil

Por ano, cerca de 13 mil crianças e adolescentes são vítimas de intoxicação por medicamentos no Brasil, segundo estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Foram mais de 245 mil casos em 18 anos, que resultaram em 240 mortes. O perigo é ainda maior na faixa de 1 a 4 anos de idade.


Para a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva, os números são alarmantes e revelam a necessidade de cuidados redobrados, especialmente com as crianças menores. “Mais da metade dos casos registrados referem-se a acidentes com crianças de 1 a 4 anos de idade. Elas são naturalmente muito curiosas e querem colocar tudo na boca, o que faz parte do desenvolvimento. Além disso, os medicamentos da linha pediátrica possuem embalagens coloridas e cheirosas, que estimulam os sentidos da criança", destaca.

O presidente do Departamento de Toxicologia da instituição, Carlos Augusto Melo, recomenda que, para diminuir o risco, deve-se evitar o estoque de medicamento em casa. Ele aconselha doar ou, se vencido, descartar de maneira adequada. Se não for possível, guardar em local seguro, longe do alcance das crianças. E também não usar medicamentos sem recomendação médica.

De acordo com informações do Sistema Nacional de Informações Toxico-farmacológicas (Sinitox), os números mostram ainda o segundo grupo mais atingido vai de 14 a 19 anos, seguido daqueles que cobrem de 5 a 9 anos e de 10 a 14 anos.

Segundo a SBP, os especialistas acreditam que os dados apurados via Sinitox estejam subestimados porque a rede compila apenas as informações de 33 Centros de Informação e Assistência Toxicológicos (CIAT) localizados atualmente em 11 estados e no Distrito Federal.

Outro dado que pode aumentar o número é falta de comunicação ás autoridades sanitárias sobre relatos de reações.

Se a criança ingerir um medicamento, é preciso manter a calma, não provocar vômito e procurar ajuda médica. Antes de ir à emergência, também é possível entrar em contato com o Disque-Intoxicação, criado pela Anvisa, que atende pelo número 0800-722-6001. É um serviço que atende a população e os profissionais de saúde para tirar dúvidas e fazer denúncias relacionadas a intoxicações. Funciona todos os dias e a ligação é gratuita.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/por-ano-cerca-de-13-mil-criancas-e-adolescentes-sao-intoxicadas-por-remedio-no-brasil)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions