Rondônia, segunda-feira, 2 de agosto de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 17 de Abril de 2018 - 18h12

Prefeito apresenta projeto que viabiliza Organizações Sociais na saúde da Capital

da Redação


Prefeito apresenta projeto que viabiliza Organizações Sociais na saúde da Capital

Em uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira (17) o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, apresentou aos vereadores o projeto do novo modelo de gestão na saúde pública do município, que poderá ser coordenada por Organizações Sociais de Saúde (OSS).

Segundo ele, 24 estados e 200 municípios no Brasil já adotaram o novo modelo na área de saúde e têm apresentado resultados positivos.

De acordo com Hildon Chaves, assim que o projeto for aprovado ele passara por estudos e audiências públicas. “Nós já temos alguns estudos preliminares da Secretaria Municipal de Saúde para começar o processo de qualificação, que é a primeira etapa e mais importante que aquele onde vamos determinar quais as organizações sociais podem ser classificadas como OSS. Temos também que passar por algumas audiências públicas que é uma oportunidade da população de Porto Velho conhecer o que está sendo proposto”, disse.

“É possível sim ter uma saúde de qualidade em nosso município e para isso nós formos buscar experiências de outros estados que já utilizam esse mecanismo de gestão que é o das Organizações Sociais de Saúde e agora estamos encaminhando o projeto para a aprovação na Câmara de Vereadores”, disse o prefeito destacando que o sistema de gestão já é utilizado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, além de capitais do Brasil.

Ainda segundo o prefeito, o sistema proposto vai gerar economia no atendimento. “Nós estamos aprofundando esses estudos, mas ele gera economia na medida em que se consegue atender muito mais pessoas e com a qualidade muito superior. Então, isso é um mecanismo extraordinário e que pode realmente mudar a história da saúde de Porto Velho e é isso que estamos buscando”, afirma.

Na prática vai funcionar como determina a legislação, o acompanhamento em tempo real dos órgãos de controle com transparência e da segurança para o gestor.

O prefeito informou que para receberem o novo sistema quando estiver pronto, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) passarão por reformas.

“Assim que estiver aprovado o projeto nós vamos conseguir colocar em prática com um projeto piloto no prazo de seis meses, que é onde a população vai começar a sentir as mudanças”, finalizou o prefeito dizendo que não é a transformação em toda a saúde de Porto Velho, pois para que isso aconteça irá levar mais tempo.

Antes do projeto ser votado pela Câmara haverá audiências públicas nos bairros para que a população conheça o que está sendo proposto. O prefeito acredita que em seis meses será implantado um projeto-piloto. A ideia é começar por uma UPA ou Pronto Atendimento.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions