Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Prefeitura concede alvará de construção para fábrica de cimento na Capital

Sexta-feira, 12 Setembro de 2008 - 16:55 | Assessoria


A prefeitura concedeu nesta sexta-feira o alvará de construção de uma fábrica de cimento em Porto Velho. O alvará foi entregue por membros de uma comissão instituída pelo prefeito Roberto Sobrinho para fazer a análise de impacto ambiental, social e de tráfego de veículos, além das compensações e mitigações de impacto na instalação de grandes empreendimentos. O representante legal da empresa, Valdemar Ferreira Santos, recebeu o documento. Na ocasião, foi acertada uma visita de integrantes da comissão a uma fábrica da Votorantin, semelhante a que vai ser instalada na Capital, para conhecer as instalações e a política de convivência deste tipo de empreendimento com a comunidade.
A comissão instituída pelo prefeito é formada por representantes das secretarias municipais do Meio Ambiente (Semas), Fazenda (Semfaz), Urbanização e Reforma Agrária (Semur), Trânsito (Semtran) e Desenvolvimento Econômico e Social (Semdes).
A empresa de cimento da Votorantin de Porto Velho será instalada no km 13,5 da BR-364, numa área de 117 hectares. O empreendimento em si vai ocupar 13 hectares.
“No pico de produção”, segundo Santos, a fábrica terá uma produção de 850 mil toneladas de cimento por ano. A produção deverá atender ao mercado de Rondônia, Acre e a região da divisa do Estado do Mato Grosso com Rondônia. Ele explica que a empresa está se instalando em Porto Velho para atender ao mercado local e não especificamente para abastecer as usinas do Madeira. “Nós viemos para ficar e produzir mesmo depois da construção das hidrelétricas, que são obras passageiras”, assegura Santos.
A Votorantin produzirá em Porto Velho vários tipos de cimento para atender obras das mais diversas especificidades. “Obras como as das usinas, por exemplo, exigem um tipo de material, já a construção de uma casa exige outro”.
O empreendimento vai gerar cerca de 140 empregos diretos e aproximadamente 400 indiretos. A mão de obra já está sendo treinada, para a utilização de mão-de-obra local. A fábrica começará a produzir em agosto de 2009.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News