Rondônia, domingo, 29 de novembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 10 de Setembro de 2009 - 10h52

Pronaf tem crescimento de 164% em operações do Banco do Brasil

Jeanne Machado


Desde o início da safra 2009/2010 até final de agosto, o Banco do Brasil (BB) investiu mais de R$ 1,2 bilhão na agricultura familiar, representando um crescimento de 164% em relação ao mesmo período da safra 2008/2009. O banco apresentou estes e outros dados na manhã desta quarta-feira (9), em Brasília (DF), durante coletiva, com a participação do vice-presidente de Agronegócios do BB, Luiz Carlos Guedes, do diretor do Departamento de Agronegócio, José Carlos Vaz, e do secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Adoniram Sanches Peraci.

Na agricultura familiar, foram aplicados R$ 594 milhões em operações de investimento, representando um incremento de 534% em relação à safra anterior, com destaque para o Programa Mais Alimentos, por meio do qual foram contratadas cerca de 2,2 mil operações no valor de R$ 96 milhões. Nas operações de custeio, foram aplicados R$ 670 milhões, um aumento de 74% se comparado com o mesmo período da safra 2008/2009.

Segundo Peraci, as fontes de recursos financeiros para esta safra estão bem programadas, graças ao trabalho feito durante os meses de abril e maio deste ano, o que garantiu que o agricultor familiar já pudesse acessar o crédito rural nos primeiros dias de julho.

O vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, Luiz Carlos Guedes, destacou que, pela primeira vez, os recursos já estavam liberados nas agências do BB, desde o último 1º dia de julho, para todas as linhas de crédito rural e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Isso porque já estavam preparadas as normas, os sistemas dos bancos e os recursos necessários.

Produtos de destaque

De acordo com o BB, os principais itens financiados pelo Pronaf, nesta safra, foram milho (35,5%), soja (25,4%), bovinos (12%), café (5,7%), arroz (2,5%), mandioca (2,2%) e feijão (2%).

Até o momento, a Região Norte obteve o maior crescimento de crédito para custeio na safra 2009/2010, com um aumento de 129%. O salto foi de cerca de R$ 4 milhões acessados pelos agricultores familiares na safra 2008/2009 (de julho a agosto) para mais de R$ 10 milhões na safra 2009/2010 (mesmo período).

Nas operações de investimento, o Sul saiu na frente com um crescimento de 736%, saindo de aproximadamente R$ 41 milhões na safra 2008/2009 (de julho a agosto) para mais de R$ 347 milhões na safra 2009/2010 (mesmo período). Guedes ainda destacou o Programa Mais Alimentos pela contribuição no aumento das operações de investimento na safra 2009/2010.

R$ 90 milhões para biocombustível

O Banco do Brasil também anunciou, nesta quarta-feira (9), a assinatura de um convênio com a Petrobras Biocombustível no valor de R$ 90 milhões. O objetivo é financiar agricultores familiares que produzem mamona, girassol e soja, destinados à fabricação de biocombustível, na região das usinas localizadas em Candeias (BA), Quixadá (CE) e Montes Claros (MG).

De acordo com o BB, cerca de 60 mil agricultores e cooperativas serão beneficiados por meio da linha de crédito de custeio agropecuário do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions