Rondônia, quarta-feira, 3 de junho de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 03 de Março de 2020 - 14h03

Resultado de exames em paciente com suspeita de Coronavirus sai até sábado

da Redação


Resultado de exames em paciente com suspeita de Coronavirus sai até sábado

O resultado dos exames da paciente 42 anos com suspeita de Coronavírus em Porto Velho deve sair no próximo sábado (7), segundo informou o secretário de saúde, Fernando Máximo, em uma coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (3). O caso foi considerado como suspeito pelo Ministério da Saúde na última segunda-feira (2) e divulgado em primeira mão pelo RONDONIAGORA.

Durante a entrevista, o secretário informou que todas as providencias referente ao caso já estão sendo tomadas. Ele explicou que a paciente veio do Japão e fez conexão em Paris. “De Paris a Guarulhos, ela viajou no mesmo avião que o paciente de 61 anos que teve a doença confirmada em São Paulo. A paciente saiu do Brasil no dia 31 de janeiro, ficou até o dia 20 de fevereiro no Japão e chegou no dia 22 em Guarulhos”, disse Fernando Máximo.

No dia 27 de fevereiro, segundo o secretário, a mulher começou a apresentar os sintomas como febre, dor de garganta, tosse, dor de cabeça e fraqueza. “Ela foi atendida e se encontra no isolamento domiciliar que é o que deve acontecer na maioria dos casos. Hoje, ela está melhor e praticamente sem sentir nada, mas continua no isolamento”, explicou.

Fernando Máximo informou ainda que foram coletados todos os exames necessários da paciente e nesta quarta-feira (4), sai o resultado de alguns que são feitos em Porto Velho, que podem confirmar outros vírus como H1N1, influenza e adenovírus. “Já o resultado para saber se é Coronavírus ou não sai no sábado (7). O material foi encaminhado para fora do Estado”, esclareceu o secretário.

Caso o resultado do exame feito na paciente seja positivo para H1N1, influenza ou adenovírus, será descartado a suspeita de Coronavírus, segundo Fernando Máximo.

Se houver confirmação da doença, o secretário informou que dependendo dos sintomas da paciente, se for leve, ela continuará sendo tratada em casa. “Cerca de 85% dos casos da doença curam-se espontaneamente sem nenhum tratamento. O paciente fica curado tomando apenas medicamentos para febre e dor. Ele precisa ingerir bastante líquido, ficar em repouso e mantendo-se num lugar arejado, com janelas abertas e usando uma máscara para se proteger. Também é necessário que o paciente faça a higienização constantemente das as mãos, evitando compartilhar garrafas, copos, faca, copos, escova de dente e objetos pessoais”, enfatizou.

Os familiares da paciente com o caso suspeito, já foram instruídos pelas equipes do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVs) que estão realizando o acompanhamento, para que usem mascaras e façam constantemente a higienização das mãos.

Ainda segundo Fernando Máximo, essa paciente tem uma característica importante. “Ela chegou da viagem sem sintomas, uma neta dela que estava no Brasil apresentou sintomas de gripe e ela teve contato. Após esse contato foi que a paciente começou a apresentar esses sintomas. Existe a possibilidade de não ser Coronavírus, mas o Ministério da Saúde classificou como suspeito e vamos aguardar o resultado dos exames”, disse.

A Sesau informou que vários casos já foram acompanhados em Rondônia com todo o acompanhamento do CIEVs municipal e estadual. “É necessário cuidado e cautela até que se confirme ou não caso suspeito”, pontuou Fernando Máximo.

Antes do Ministério da Saúde anunciar que a paciente de Rondônia era um caso suspeito, a Sesau já estava fazendo o acompanhamento domiciliar da mulher. “Mesmo antes de dizer que o caso é suspeito, a gente começa a fazer o acompanhamento com os primeiros dados clínicos porque é melhor a gente pecar pelo excesso do que pela falta”, afirmou o secretário.

Sintomas

De acordo com a Sesau, os sintomas do Coronavírus são comuns de outras doenças virais e respiratórias. O paciente apresenta febre, pode apresentar dor no corpo, tosse, dor de cabeça e garganta. Se a pessoa apresenta esses sintomas, tendo nos últimos 14 dias viajado para países onde tem vários casos ou teve contato com algum paciente que está sendo acompanhado como caso suspeito ou confirmado, ela é enquadrada no quadro de suspeita e começam os acompanhamentos necessários.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions