Rondônia, 29 de setembro de 2023
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Rondônia já registra quase 1.500 focos de incêndio em setembro e se aproxima de todo o acumulado de agosto

Sábado, 16 Setembro de 2023 - 09:47 | Redação


Rondônia já registra quase 1.500 focos de incêndio em setembro e se aproxima de todo o acumulado de agosto

Os primeiros 15 dias de setembro já registraram quase todo o acumulado de focos de incêndio do mês passado. São quase 1.500 registros de fogo detectados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Segundo especialistas, setembro é um dos meses mais letais quando o assunto é queimadas. Os focos tendem a aumentar nesse período devido à seca que ganha mais força e deixa as regiões mais vulneráveis ao fogo.

Atualmente, os dados do INPE mostram que 1.459 focos já foram registrados em setembro. O número se aproxima de todo o registrado em agosto, quando 1.715 focos foram detectados, ou seja, uma diferença de apenas 15%.

O monitoramento do INPE revela também os dados diários. No dia 05 de setembro, 679 focos foram detectados, essa foi a data deste mês onde a vegetação foi mais ameaçada. Na segunda posição aparece o dia 03, com 157 focos e terceira, dia 07, com 116.

O compilado desses primeiros 15 dias também já se aproxima do menor número registrados em setembro, segundo o INPE. O ano com o menor número foi em 2001 quando 1.929 focos foram registrados.

Mas os dados mostram também que o número atual está longe da média do mês, que é de 6.910 e do maior já registrado desde o início da série histórica, que foi 23.419 focos de incêndio, em 2004.

Emergência no estado vizinho

O cenário próximo a Rondônia também é considerado preocupante. Nesta semana, o Amazonas decretou estado de emergência após atingir quase quatro mil focos de incêndio somente em agosto.

A medida deve durar cerca de 90 dias. O decreto vale para as cidades próximas a Manaus e principalmente aos municípios do Sul do estado, como Apuí e Humaitá, ambos próximos a Rondônia.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também