Rondônia, segunda-feira, 19 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 01 de Outubro de 2009 - 14h15

Rondônia será primeiro Estado a ter criminosos registrados em sistema nacional

RONDONIAGORA


Rondônia será o primeiro Estado brasileiro a ter criminosos catalogados no Registro Nacional de Identificação (RIC – Registro de Identificação Civil). Além de dados pessoais, como nome da mãe, idade, grau de escolaridade dentre outros, no registro constará as infrações cometidas pelo criminoso e quantas vezes ele foi preso ou citado em boletim de ocorrência.

A unificação do registro, além de evitar fraudes e clonagem de documentos, segundo a coordenação do programa em Rondônia, permitirá mais rapidez e precisão da identificação de suspeitos. “Rondônia hoje possui 120 mil infratores registrados no sistema nacional, qualquer um que cometer nova infração será identificado de imediato”, salientou o coordenador do projeto Pedro Mansebo, do Instituto de Identificação.

O Programa de Registro de Identificação (RIC) foi implantado ainda no mês de maio em parceria com Governo Federal. Para viabilizar o processo e implantar o sistema o Governo do Estado investiu cerca de R$ 3 milhões, colocando Rondônia à frente dos demais Estados. “Nosso Estado é o primeiro a ter registro de identidade cadastrado no banco de dados nacional”, destacou Ronaldo Sawada, diretor do Departamento de Informática e Telecomunicação (Dintel), da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec).

Além da rapidez e exatidão no reconhecimento de infratores, o RIC agilizará também o processo de emissão de carteiras de identidade. Segundo o diretor Ronaldo Sawada, o processo de emissão de registro de identidade demora algo em torno de duas semanas, “mas já demorou um mês”, ressaltou Sawada. Até o final do ano, de acordo com Sawada, a emissão de identidades deve ser feita no ato da inscrição. “No futuro será possível emitir registro em tempo real”, salienta.

Outra novidade é que o cidadão, no ato do registro não precisará mais sujar o dedo com tinta, “a digital será digitalizada e impressa no registro”, explicou. Para agilizar o processo de cadastramento de pessoas, o Governo estadual adquiriu mais cinco estações. Rondônia tem hoje um milhão e trezentos mil registros.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions