Rondônia, terça-feira, 27 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 12 de Agosto de 2009 - 11h17

SAI NESTA QUARTA RESULTADO DE EXAME DE RAPAZ QUE MORREU COM SUPEITA DA GRIPE A

RONDONIAGORA


Um estudo realizado em Rondônia pelo Comitê de Enfrentamento à Influenza revelou que o vírus da gripe H1N1 ainda não circula no Estado. O único caso confirmado da doença foi o de paciente contaminado fora do Brasil. Outras 20 pessoas com os sintomas da Gripe A aguardam o resultado dos exames. Um lote deve ser liberado ainda nesta quarta-feira pelo laboratório Adolfo Lutz, um dos quatro que realizam os exames em todo o Brasil.

O gerente de Biologia Médica do Laboratório Central de Rondônia (Lacen), Gleense Cartonilho, informou que no lote a ser liberado está o exame de Lucrecio Navarro Celino, morador de 24 anos do município de Alvorada do Oeste que morreu na segunda-feira após 11 dias de internação no Cemetron. Segundo o gerente médico do hospital, Luiz Augusto Paiva Cardoso, a evolução dos sintomas do rapaz com suspeita da Gripe A, começou no dia 22 de julho. Lucrecio teria viajado à Porto Velho no dia 24 e retornado para casa. Uma semana depois os sintomas foram agravados e Lucrecio encaminhado para a Capital. O Instituto Médico Legal atestou morte por síndrome respiratória aguda.

Caso seja confirmada a morte pelo vírus H1N1, o Comitê de Enfrentamento à Influenza ainda não sabe como o rapaz teria sido contaminado. A família e as pessoas próximas não são mais monitoradas. A presidente do Comitê, Mirlene Moraes, explica que o acompanhamento é feito de acordo com o período de transmissão do vírus, 7 dias quando o paciente suspeito é adulto e 11 dias quando é criança.

Tratamento

Rondônia tem drogas para o tratamento de 700 pessoas e segundo o médico do Cemetron, Luiz Agusto Paiva Cardoso, que compõe o Comitê de Enfrentamento, não há necessidade de quantidade maior de Tamiflur, o remédio indicado para o combate do vírus H1N1. Ao contrário de estados como o Paraná, que está medicando todos os casos suspeitos, em Rondônia será mantida a orientação do Ministério da Saúde. “Somente pacientes com quadro evoluído receberão a droga”, informou o médico.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions