Rondônia, 30 de maio de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Sancionadas leis que transformam diversos locais de Porto Velho em patrimônios históricos e culturais

Sexta-feira, 19 Abril de 2024 - 14:13 | SMC


Sancionadas leis que transformam diversos locais de Porto Velho em patrimônios históricos e culturais

Em valorização à história e cultura de Porto Velho, foram sancionadas leis aprovadas pela Câmara Municipal, tornando prédios públicos, museu, sítio arqueológico e até mesmo uma caverna como patrimônios históricos e culturais do município.

Conforme as leis publicadas no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Rondônia, o Palácio Presidente Vargas (antiga sede do governo estadual), o Edifício Monte Líbano, o Memorial Jorge Teixeira e o Prédio da Unir Centro, todos na região central da capital de Rondônia, passam a ser patrimônios históricos e culturais de Porto Velho.

Também ganharam o mesmo reconhecimento a Serra da Muralha, que é um sítio arqueológico localizado na divisa de Rondônia com o Amazonas; a Paleotoca de Vista Alegre do Abunã (uma caverna provavelmente escavada por bichos-preguiça gigantes) e o Museu Internacional do Presépio Padre Enzo Guarino, na zona Leste de Porto Velho.

História

O Palácio Getúlio Vargas começou a ser construído em 1948, quando Rondônia ainda era Território Federal do Guaporé. Ele foi inaugurado em 1954 e passou a ser a sede de todos os governos até 2015, quando se tornou o Museu da Memória Rondoniense. O prédio está localizado entre as avenidas Presidente Dutra e José de Alencar, em frente ao Mercado Cultural, no Centro Histórico da capital de Rondônia.

Do outro lado da av. Presidente Dutra está o prédio da Universidade Federal de Rondônia (Unir Centro). Ele foi inaugurado em 1953 como o Porto Velho Hotel, um dos primeiros desse porte na cidade, onde durante muitos anos recebeu hóspedes ilustres. Ali também chegou a funcionar um importante ponto de lazer e de encontro para a alta sociedade da época (de 1964 a 1969) denominado Varanda Tropical. Na Década de 80, passou a ser sede da reitoria da Unir.

Próximo a esses dois monumentos, na rua José de Alencar, foi construído o Edifício Monte Líbano, que de acordo com os historiadores foi o primeiro prédio erguido totalmente em alvenaria em Porto Velho. Construído por etapas, a obra iniciou em 1915 e só foi concluída totalmente em 1950, quando inaugurado pelo proprietário, o libanês Jorge Bichara.

Instalado na antiga residência oficial do primeiro governador do Estado de Rondônia, o Memorial Governador Jorge Teixeira abriga o acervo pessoal e de trabalho de Jorge Teixeira de Oliveira com exposição permanente de fotos, documentos e publicações em jornais, além de objetos pessoais dos anos de 1979 a 1985, período de estruturação e criação do Território Federal de Rondônia. A casa em si tem mais de 70 anos de existência.

Museu

O Museu Internacional do Presépio Padre Enzo Guarino foi inaugurado em 1998 e está localizado na Vila de Nazaré, na Associação São Tiago, à rua Mané Garrincha, nº 3154, bairro Socialista, na região Leste de Porto Velho. O acervo do museu conta a história da salvação através de Jesus Cristo, conforme relatados na Bíblia Sagrada.

No mesmo local funciona o maior Museu Monumental Permanente do Brasil e o segundo maior do mundo, com obras de artistas brasileiros e de outras 50 nacionalidades. O primeiro do tipo está localizado em Caltagirone, na Itália.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também