Rondônia, quinta-feira, 22 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 10 de Dezembro de 2008 - 18h11

Seduc pede contribuição de diretores para melhoria da educação

Assessoria


Em atendimento à orientação da secretária estadual da Educação, professora Marli Cahulla, o secretário-adjunto, professor Pascoal de Aguiar, reuniu-se na manhã desta quarta-feira (10), no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho, com diretores e vice-diretores de escolas para tratar de vários assuntos que devem ser considerados com vistas à melhoria da qualidade do ensino na rede estadual. Entre os temas, estavam as reformas em andamento e a necessidade de serem criadas estratégias para maior participação dos pais nas escolas.
Pascoal disse que nos encontros realizados com representantes das Associações de Pais e Professores (APPs) tem constatado que o Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb) tem sido maior nas instituições de ensino em que os pais estão mais envolvidos, seja por iniciativa própria ou da direção.
Com relação às reformas, ele disse que fazem parte do processo de modernização adotado pelo Governo do Estado, por meio da Seduc, e voltou a explicar que estão sendo feitas de forma gradativa, atendendo aos preceitos legais e contemplando não só a arquitetura, mas também instalações elétricas e hidráulicas, a acessibilidade e a parte pedagógica, em que a participação dos pais dos alunos está entre as prioridades e que por isso, na avaliação do professor Pascoal e da secretária Marli Cahulla, devem ser criadas estratégias para atraí-los às unidades educacionais. “Pedidos também aos gestores que cuidem bem das escolas, mantendo-as limpas e realizando pequenos consertos para evitar transtornos maiores”, sugeriu.
O professor Pascoal afirmou que a Seduc tem consciência dos problemas das escolas e tem buscado meios para solucioná-los a contento, desde que não esbarre na legislação.
Outro ponto discutido pelo adjunto da Seduc com os diretores e vice, foi sobre a licença prêmio, que, conforme ele destacou, consiste em um direito dos servidores, mas que para ser cumprido devem ser observados critérios, como observar se existe substituto na escola, considerando que o aluno deve ser sempre prioridade e por isso não pode ficar sem aula. “Para se ter uma idéia, temos um calhamaço de processos com requisição de licença prêmio para o mês de fevereiro, muitos deles de professores de uma mesma escola”, explicou Pascoal.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions