Rondoniagora.com

Rondônia, 01 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

SINDSEF: Planejamento diz que reajuste só sai em contracheque

Sexta-feira, 13 Junho de 2008 - 13:11 | Assessoria


O Sindicato dos Servidores Públicos Federais (Sindsef) recebeu a informação de que o Ministério do Planejamento reconheceu ontem, que não deve rodar uma folha suplementar este mês para liberar os reajustes de mais de 800 mil servidores civis, como havia previsto o ministro Paulo Bernardo. O presidente a entidade, Herclus Coelho lamentou o fato e disse que é mais uma promessa não cumprida do governo Lula.

A confirmação foi dada à diretora da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Lúcia Reis, pelo secretário de Recursos Humanos do Planejamento, Duvanier Ferreira. A Condsef recebeu a notícia ontem a noite. A demora já vinha levantando suspeitas entre os servidores. Foi dito também que os reajustes serão implantados nos contracheques deste mês e devem cair na conta dos servidores só no início de julho. A MP 431, que traz esses reajustes, foi publicada no Diário Oficial da União no dia 14 de maio. A notícia não agradou muito, já que os servidores devem amargar uma mordida forte do leão. O Imposto de Renda leva boa parte dos reajustes retroativos a 1º de março e ainda o adiantamento do 13º, que também deve ser pago no início de julho.

A Condsef recebeu a notícia com irritação. “É um desrespeito aos servidores públicos”, lamentou Josemilton Costa, secretário-geral da entidade. “Como se não bastassem os baixos reajustes que a grande maioria terá em 2008, enfrentamos a demora para receber e ainda vão levar boa parte em impostos”, acrescentou. “Como cidadãos, esperamos que, pelo menos, esses impostos sejam revertidos em investimento para serviços públicos de qualidade”, concluiu. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News