Rondônia, segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Terça, 06 de Maio de 2008 - 17h11

Sintero organiza estratégia para combater “excessos”

Sintero


Em assembléia realizada nesta terça-feira na Sede Administrativa do Sintero, em Porto Velho, os trabalhadores em educação da rede estadual promoveram um amplo debate sobre a situação da educação no Estado. No final da assembléia, conduzida pela presidente do sindicato, Claudir Mata, os trabalhadores apresentaram propostas de estratégias de luta contra as atitudes consideradas arbitrárias do Governo e da Assembléia Legislativa.
Durante os debates, professores e técnicos administrativos de praticamente todas as escolas estaduais da Capital, relataram os problemas que vêm sofrendo por causa das leis aprovadas pelos deputados estaduais.
Uma das maiores reclamações é a exigência dos diretores e da Representação de Ensino, de que os professores cumpram o horário de planejamento na própria escola, o que tornou o trabalho inviável e contraproducente, visto que as escolas não possuem estrutura nem espaço para esse trabalho, que muitas vezes os professores levam para fazer em casa.
Em muitas escolas o planejamento é feito na sala dos professores enquanto outros profissionais estão em aula. Quando termina a aula os professores que estão no planejamento são obrigados a ficarem no pátio da escola, por falta de espaço.
Outra denúncia apresentada na assembléia é de que os professores de 40 horas semanais estão cumprindo carga horária maior, pois são obrigados a permanecerem na escola oito horas e meia por dia. A orientação do Sintero é para que registrem no ponto o horário de entrada e o de saída, além do trabalho aos sábados, para que o sindicato possa bvuscar na Justiça o pagamento de horas extras.
Os trabalhadores em educação foram unânimes em repudiar as perseguições do governo do Estado ao Sintero e à categoria, promovidas através da aprovação de leis que retiram direitos e tentam inviabilizar o funcionamento do sindicato.
Ao final da assembléia, os trabalhadores decidiram entrar em estado de mobilização e iniciar uma campanha de conscientização nas escolas sobre a importância da unidade da categoria na luta. Também será marcado um dia para a realização de atos públicos ou de uma grande manifestação em Porto Velho para denunciar á sociedade os prejuízos que o governo e a Assembléia Legislativa vêm causando à educação.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions