Rondônia, domingo, 25 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quarta, 29 de Julho de 2009 - 15h39

Telefonia bate recorde de reclamações em Porto Velho e Cacoal

RONDONIAGORA/Decom


Um levantamento realizado pela Gerencia Estadual do Procon Porto Velho aponta que os consumidores estão registrando queixas contra operadoras de celular e telefonia fixa. As reclamações nessas duas áreas subiram de 233 processos, no primeiro semestre de 2008, para 545, no mesmo período de 2009. Aumento de aproximadamente 60%. Na média geral de atendimentos, o montante chega 1.666.

Uma das explicações apontadas para o crescimento foi a criação do serviço de atendimento pelo telefone, em que o consumidor pode tirar dúvidas que levam até mesmo a processos contra as empresas. O setor já chegou a receber 40 ligações diárias. O principal motivo apontado para o aumento é que as pessoas estão mais conscientes dos seus direitos. Para o Procon, quanto mais reclamações melhor, pois mostra que os consumidores estão cada dia mais cientes de seus diretos, disse o Gerente Regional da instituição em Porto Velho, Vittor Pereira Júnior.

Os principais problemas relatados pelos consumidores cresceram proporcionalmente. Os cartões de crédito vêm na segunda posição, sendo responsáveis por 30% dos processos. E o setor de telefonia fixa e móvel é o que mais acumula queixas, mais metade de todas as reclamações.

A Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, informou que eles só têm conhecimento das reclamações que são feitas diretamente ao órgão, pelo telefone 133, informações que depois são repassadas a sede em Brasília. Essas queixas são checadas e se a empresa estiver cometendo alguma irregularidade ela é multada, informou o gerente geral da Agência Nacional de Telecomunicações, Rondônia e Acre, Alfredo Arze Collins.

No interior do Estado o Proncon também conta com representações: Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena. Em Cacoal o número de queixas do início do ano até o mês de julho também batem recorde e já somam 300. A coordenadora da entidade explicou que muitos querem suspender o plano e são obrigados a pagarem multa.

O principal objetivo do Proncon é coibir práticas abusivas em relação ao não cumprimento do que determina o Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90). A idéia é manter a população em alerta sobre as empresas que teimam em descumprir a lei, e incentivar as pessoas a denunciarem toda e qualquer prática abusiva. Para isso, o Proncon Porto Velho disponibilizou dois telefones para reclamação: (69) 3216 1026 ou 3216 1018. Ou, se preferir, o consumidor pode ir pessoalmente ao Proncon que fica na avenida 7 de setembro, 870, Shopping Cidadão, Porto Velho, Rondônia, 78.900-000. O órgão funciona das 08:00 às 19:00 horas.

Já as queixas feitas para a Anatel podem ser levadas pessoalmente a representação que fica na rua Dom Pedro II, nº 1241, ou pelo telefone (69) 3217-0200.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions