Rondônia, 03 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Tribunal de Justiça de Rondônia promove Fórum Estadual do Sistema CNJ

Sexta-feira, 16 Maio de 2008 - 12:18 | TJ


Com o objetivo de avaliar a utilização do Processo Eletrônico no Estado de Rondônia, o Tribunal de Justiça de Rondônia está realizando o I Fórum do Sistema CNJ na quinta (14) e sexta-feira (16).



Conselho Nacional de Justiça participa do evento e elogia maturidade tecnológica do Poder Judiciário de Rondônia

De acordo com a presidente, "o TJ RO está buscando, com os novos recursos materiais recebidos do CNJ - servidores, scanners, impressoras, transferência de consistente tecnologia - e com a contratação de novas velocidades de transmissão de dados, a consolidação do sistema, e sua difusão para as demais áreas da atuação jurisdicional" e anunciou a implantação do Sistema em diversas comarcas de segunda entrância.

Conselho Nacional de Justiça participa do evento e elogia maturidade tecnológica do Poder Judiciário de Rondônia

A abertura do evento contou com a presença do diretor de Projetos e Modernização do Judiciário, juiz Pedro Vieira da Silva Filho, do secretário geral do Conselho Nacional de Justiça - CNJ, juiz Artur Ferreira.

A maturidade tecnológica do Tribunal de Justiça de Rondônia foi elogiada pelo secretário geral do CNJ. "Fiquei surpreso com um Estado tão bem informatizado que possui projetos tão bem sucedidos de tecnologia a serviço da justiça...o caminho é trabalhar ainda mais para atingir um nível de excelência ainda maior".

Referindo-se ao trabalho do CNJ na área tecnológica, o juiz afirmou que a atuação do Conselho se dá em vertentes específicas, priorizando projetos que tragam celeridade processual principalmente aos juizados especiais, que são a porta de entrada do judiciário hoje para o cidadão.

O diretor de Projetos e Modernização do Judiciário, disse que a vanguarda de Rondônia, em diversos aspectos, é imensamente salutar para o Brasil e anunciou que, em breve, o sistema CNJ será liberado para o departamento de Polícia Federal. "Dentro de pouco tempo, o inquérito já vai nascer virtual".

Pedro Vieira da Silva falou também da evolução do Sistema CNJ desde a sua criação - então com o nome Projudi - e da parcela de contribuição do Estado de Rondônia no contexto nacional de aperfeiçoamento do sistema. "Hoje, os estados de Rondônia, Roraima, Amazonas, Pará, Rio Grande do Norte, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo e Paraná participam do Comitê Integração do Sistema Nacional."

O integrante do CNJ ressaltou as diferentes versões do processo virtual nos tribunais em que o sistema está funcionando, as alterações que estão em execução e da importância das discussões acerca do funcionamento do sistema. "A segunda fase do Sistema CNJ vai acontecer no início do segundo semestre, quando será colocada em uso a ferramenta que visa compartilhar as funcionalidades do sistema peculiares de cada Estado, entre os tribunais."

Grupos de discussão

Nesta sexta (15) os participantes do Fórum formarão grupos de discussão buscando soluções para as questões apresentadas pelos usuários diretos do sistema de processo virtual. Sugestões e idéias de melhoria serão oficializadas na conclusão do fórum.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também