Rondoniagora.com

Rondônia, 03 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Venda de ovos de chocolate ainda é tímida e comerciantes esperam aumento na Semana Santa

Domingo, 09 Abril de 2017 - 09:25 | da Redação


Venda de ovos de chocolate ainda é tímida e comerciantes esperam aumento na Semana Santa

Uma semana antes da Páscoa, a procura pelos ovos de chocolate nos supermercados de Porto Velho ainda é tímida. O cenário montado para chamar a atenção dos consumidores é grande: corredores cheios de ovos e outras guloseimas de encantam adultos e a criançada, aliados a brindes e brinquedos que atraem ainda mais os pequeninos.

Mas segundo a gerente de uma grande rede de supermercado da cidade, Rosane Siepamann, “as vendas só devem aumentar durante a semana que antecede ao domingo de Páscoa. Por enquanto a saída dos ovos ainda está devagar”, revela.

Coelhinhos de chocolate, meio ovo recheado com brinde de colher e tamanhos e marcas com atrativos de brinquedos, copos, lancheiras e outros objetos infantis colorem os estandes montados nos estabelecimentos. O consumidor, embora com os olhos brilhando com a beleza dos chocolates, reclama dos preços.

“Eu estou achando tudo muito caro, e lá em casa são quatro pessoas para presentear. O jeito é pesquisar bem antes, desta vez ainda não vou levar, mas já sei que vou ter ir escolher uma marca boa e que compense para o bolso”, diz a enfermeira Lainara Damascena.

Das três marcas mais famosas e requisitadas do mercado os preços variam entre R$ 9,22 (coelhinho de chocolate) e R$ 89,31 (maior ovo). Para a promotora de vendas Aline Parente da Silva, há opções para todos os bolsos, e as vendas já começaram a melhorar desde a tarde de sexta-feira (7), quando a meta pessoal do dia já foi alcançada, com a venda de 13 ovos inteiros, além dos coelhinhos e ovos de colher.

“Na Semana Santa mesmo é que a gente consegue vender muito, porque as marcas já têm garantia de tantos anos de mercado. O movimento aumenta em 100% e o consumo também”, finaliza.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News