Rondônia, sexta-feira, 6 de dezembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sexta, 19 de Dezembro de 2008 - 23h32

VEREADOR DE ARIQUEMES MANDOU MATAR EX-ESPOSA EM CACOAL, DIZ POLÍCIA

Polícia Civil em Cacoal


A Policia Civil esclareceu o assassinato de Ildamara Lourenço, de 35 anos, proprietária da Loja Capri Bijouterias, ocorrido no último dia 07 em Cacoal. Três dos cinco envolvidos no crime estão presos e os outros dois já estão identificados. O ex-marido de Ildamara, Valdemir Garcia, que atualmente é vereador na cidade de Ariquemes, foi o mandante do crime.

Segundo o delegado regional de Cacoal, Fernando Oliveira, após o crime toda a equipe policial foi mobilizada para as investigações e durante os trabalhos chegou-se à informação de que três homens haviam permanecido próximo à residência e ao comércio da vítima, no dia anterior ao assassinato. Em continuidade ás diligências, foi realizado levantamento nos hotéis da cidade e constatado que tais homens tratavam-se de Gilseu Luis Kochen, Adriano Lima Xavier, vulgo Adriano Bebezão e Valdir Santos de Jesus, vulgo Bilú. “Testemunhas reconheceram as fotos dos criminosos”, explicou.

O delegado informou ainda que ontem (16/12), foram efetuadas as prisões de Gilseu Luis Kochen, de 24 anos e Valdir Santos de Jesus, de 26 em Porto Velho, por policiais do Grupo de Investigação e Captura (GIC) e a prisão do assessor do vereador, Marcos Roberto Pereira, de 31 anos, o “Marcão”, em Ariquemes, sendo que todos foram conduzidos para Cacoal. “O ex-marido da vitima, Valdemir Garcia e Adriano Lima Xavier são procurados pela policia”, enfatizou.

Segundo o delegado, o empenho da equipe policial resultou no esclarecimento do crime. Ele ressaltou que 24 horas após o assassinato os autores já haviam sido identificados. “Policias dos municípios de Cacoal à Guajará Mirim, sob a supervisão da Secretaria de Segurança, colaboraram para que os criminosos fossem identificados e presos”, enfatizou.

O Mandante do crime

Durante interrogatório o assessor parlamentar Marcos Roberto Pereira informou que, a pedido do vereador Valdemir Garcia, ex-esposo de Ildamara, contratou algumas pessoas para dar um susto na mesma. De acordo com o assessor, os criminosos deveriam realizar um roubo na loja Capri Bijouterias, com a finalidade de intimidar Ildamara para que a mesma voltasse a residir em Ariquemes. Após concluir o serviço, os bandidos receberiam a quantia de R$ 5.000,00.

Marcão contratou Gilseu e adiantou ao mesmo a quantia de R$ 1.000,00 e acertou que pagaria o restante após a execução do serviço. Gilseu contratou “Bilú” e Adriano para ajudá-lo e no último dia 07, abordaram a vítima Ildamara, sua irmã e uma amiga, levando todas no veículo de Ildamara para as margens da BR-364, onde Bilu permaneceu com a irmã e a amiga de Ildamara e Gilseu e Adriano retornaram para Cacoal, onde obrigaram a vítima a abrir a loja, subtraindo certa quantia em dinheiro e jóias, retornando em seguida ao local do cativeiro.

Segundo as informações de Bilu e Gilseu, quando voltaram a se reunir, Adriano passou a discutir com Ildamara e exigia que a mesma lhe entregasse mais dinheiro, tendo em seguida efetuado um disparo contra a vítima e saído do local. Ildamara não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no hospital Unidade Mista de Cacoal.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/vereador-de-ariquemes-mandou-matar-ex-esposa-em-cacoal-diz-policia)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions