Rondônia, 02 de fevereiro de 2023
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Nacional

Adolescente usou armas e carro de pai PM em ataques de escolas no Espírito Santo

Sexta-feira, 25 Novembro de 2022 - 18:54 | da Folha Vitória


Adolescente usou armas e carro de pai PM em ataques de escolas no Espírito Santo

O autor dos atentados em duas escolas de Aracruz na manhã desta sexta-feira (25), é um adolescente que usou duas armas do pai, que é policial militar, para cometer os crimes. Ele causou a morte de 3 pessoas e feriu pelo menos outras 13.

As informações foram divulgadas pela polícia durante coletiva de imprensa na tarde desta sexta (25). Foram utilizadas uma pistola .40 e um revólver .38, sendo uma cadastrada como item particular, com registro em nome do pai, e a outra pertencente à Polícia Militar do Espírito Santo.

O adolescente, que não teve o nome revelado por ser menor de idade, também usou o carro do pai para cometer os ataques. Ele primeiro se dirigiu à Escola da Rede Estadual Primo Bitti, onde já havia estudado, e depois seguiu para a escola privada, o Centro Educacional Praia de Coqueiral (CEPC), ambas no bairro Coqueiral de Aracruz. 

O jovem, que teria 16 anos, utilizou uma roupa camuflada para entrar nos centros de ensino e usava símbolos que remetem ao neonazismo durante o ataque.

Segundo informações apuradas nas investigações e confessadas pelo adolescente, os crimes foram planejados há pelo menos dois anos. Apesar disso, a motivação não foi informada.

“Fomos até o local, cercamos a casa, contamos com o apoio presente do Poder Judiciário. Os pais estavam destruídos com a notícia e colaboraram muito com a nossa ação”, declarou agente da polícia durante a coletiva.

O suspeito foi apreendido na tarde desta sexta-feira (25). A informação foi divulgada, a princípio, pela Polícia Rodoviária Federal.

Símbolo nazista estava em roupa de atirador

O autor de atentado com arma de fogo em duas escolas de Aracruz usava símbolos que remetem ao neonazismo durante o ataque. A informação foi confirmada pela polícia durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (25). 

O atirador utilizava uma braçadeira com uma suástica e uma máscara de caveira, ou "skull mask", item muitas vezes associados a grupos neonazistas europeus e norte-americanos. 

O atentado foi descrito pelo prefeito de Aracruz, Dr. Coutinho, como a maior tragédia que o município já viu. "É a maior tragédia que nossa cidade já viu; a cidade toda está chocada. Na escola estadual, todas as vítimas são professores. Uma tristeza. Já estamos recebendo reforços na segurança, as aulas ficam suspensas até segunda-feira", disse.

O suspeito já foi detido. Os feridos foram encaminhados para hospitais de Vitória. O helicóptero de Notaer foi acionado para ajudar no atendimento.

Segundo informações da polícia, o suspeito foi às escolas em um carro modelo Renault Duster, cor dourada e com as placas cobertas. Primeiro, o homem foi até a escola estadual, onde atirou contra 11 professores, sendo que duas morreram no local.

Em seguida, ele entrou no carro e se dirigiu à escola particular, onde entrou correndo e efetuou diversos disparos. Na escola, um adolescente foi baleado.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também