Rondônia, segunda-feira, 2 de agosto de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Quarta, 23 de Junho de 2021 - 08h50

Copa América: de uma disputa nos campos à uma disputa judicial

A Copa das Américas levou as disputas dos campos para os tribunais. A politização da disputa em meio a pandemia do coronavírus tornou os resultados imprevisíveis.
da Redação


Brasil aceita sediar a competição após negativa de Argentina e Colômbia

Os fãs do futebol já podem afirmar que o período pré Copa América foi tão disputado quanto a própria competição. Nem os melhores sites de apostas poderiam, quando Argentina e Colômbia foram escolhidas para sediar a competição, prever que uma pandemia atrapalharia o curso da competição.

As sedes da competição

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, anunciou na última terça-feira (1º), enquanto participava de solenidade no Ministério da Saúde, que o Brasil havia sido confirmado como sede da Copa América

Segundo o presidente concordaram em receber os jogos da competição, que tem início agendado para o dia 13 de Junho, os seguintes estados:

  • Goiáis
  • Mato Grosso do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Distrito Federal

A segurança sanitária dos jogadores, equipe técnica e arbitragem

Do ponto de vista da segurança sanitária, o ministério da Saúde do governo federal lançou o “protocolo de segurança sanitária da Copa América”.

Copa América: de uma disputa nos campos à uma disputa judicial

Dentre as regras estabelecidas pelo ministério, estão:

  • Jogadores e delegação deverão ser testados a cada 48 horas
  • Os estádios não terão público presente
  • Os jogadores e as delegações ficarão isolados nos hotéis, podendo sair somente para treinos e partidas.
  • As delegações eliminadas serão obrigadas a retornar à seus países de origem após a eliminação
  • Os jogadores deverão ficar hospedados em quartos separados.

O protocolo de segurança sanitária da Copa América foi elaborado em colaboração com as entidades de futebol no Brasil e na América do Sul e tiveram como base protocolos de outras competições, que já aconteceram ou estão em andamento, como todos os campeonatos estaduais, todas as divisões do Campeonato Brasileiro (A, B, C e D), Taça Libertadores da América, Sul-Americana e Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Todos esses campeonatos estão acontecendo no momento e tem movimentado os melhores sites de apostas ligados ao futebol.

Clima de insatisfação chega ao vestiário da seleção verde e amarela

Copa América: de uma disputa nos campos à uma disputa judicial

Os jogadores da seleção brasileira de futebol vêm há semanas manifestando sua insatisfação com a condução da competição, feita pela Conmebol, em meio à escalada do número de casos e mortes em virtude do novo coronavírus.

Veiculou-se na imprensa nacional e internacional que o clima dentro dos vestiários estava tendendo a um possível boicote dos jogadores à realização da competição diante das atuais circunstâncias;

Dias atrás os jogadores da seleção canarinho já haviam informado à direção da CBF a decisão conjunta de que iriam entrar em campo pela Copa América. Porém, ainda insatisfeitos com a politização do futebol, eles decidiram preparar um manifesto com críticas à execução do torneio no Brasil.

Dividindo o noticiário com a possibilidade do boicote à realização do evento estavam as denúncias contra Rogério Caboclo, acusado de assediar uma funcionária dentro da seda da Confederação no Rio de Janeiro. Em gravações feitas pela funcionária, e reveladas pela TV Globo no Fantástico, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol indaga a funcionária tinha o “hábito de se masturbar” e também busca saber como ela “resistia às investidas de um outro funcionário.

Constrangida, a funcionária acionou outros dois diretores da corporação para comparecerem a sala, mas ela foi novamente chamada até o presidente da confederação quase que como uma perseguição.

A determinação do afastamento do presidente da confederação, Rogério Caboclo — denunciado por assédio sexual —, reduziu a tensão entre o time e a cúpula da entidade. Ajudou também na decisão dos atletas o fato de que dirigentes garantiram ao técnico Tite sua permanência à frente do time.

A realização da competição chegou aos tribunais

Além das disputas dentro de campo, podemos quase adivinhar que até os melhores sites de apostas esportivas devem dividir opiniões sobre a realização ou não da Copa América de Futebol.

Diante do avanço dos casos de coronavírus, e a revolta gerada na mídia e em uma parcela relevante da população, o Partido PSB ingressou com uma ação no Supremo Tribunal Federal pedindo o cancelamento do evento em virtude da atual circunstância nacional.

Até a publicação deste artigo a decisão do tribunal ainda não havia sido divulgada. 

Impacto da polêmica nos patrocínios do torneio

Conforme revelado pela jornalista Joana Cunha, do Painel S.A, da Folha de São Paulo, o conglomerado de bebidas Ambev se juntou ao grupo de empresas que desistiram de expor suas marcas durante a Copa América. Antes mesmo da cervejeira, a bandeira de cartões Mastercard já havia cancelado sua participação.

Após o anúncio da substituição de Argentina e Colômbia, pelo Brasil como sede do torneio uma série de empresas decidiram que não gostaria de ver suas marcas atreladas à competição.

A Ambev, contudo, destaca que “segue com seu compromisso e apoio ao futebol brasileiro”.

O que esperar da competição

Segundo a especialista em apostas, e nossa convidada neste artigo, Luiza Correia, as previsões dos melhores sites de apostas apontam Brasil, Argentina e Colômbia como francos favoritos a medalhas. Você pode ver o perfil dela aqui!


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions