Rondônia, segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Segunda, 30 de Março de 2009 - 12h43

Desmatamento atingiu 62 Km² da Amazônia Legal em fevereiro

Altino Machado


O Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) da organização não-governamental Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) registrou em fevereiro 62 Km² de desmatamento na Amazônia Legal. Trata-se de um valor similar ao registrado em fevereiro de 2008 quando o desmatamento somou 63 Km².

Segundo o Imazon, os dados do desmatamento do mês passado podem estar subestimados porque houve grande cobertura de nuvens na Amazônia Legal, correspondendo a 66% do total do território. A região não mapeada corresponde a mais de 2/3 do território da maioria dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará e Rondônia.

Em geral, o período de novembro a abril corresponde a época mais intensa da estação de chuvas na Amazônia. Nesse período, a cobertura de nuvem é muito significativa, o que dificulta a detecção do desmatamento.

- Além disso, essa época registra taxas menores de desmatamento se comparada ao período mais seco, de maio a outubro - acrescenta o relatório dos pesquisadores do Imazon.

O desmatamento acumulado de agosto de 2008 a fevereiro de 2009 totalizou 749 Km². Considerando os sete primeiros meses do calendário atual de desmatamento (agosto de 2008 a fevereiro de 2009), o Pará lidera o desmatamento com 49% do total registrado no período. Em seguida, aparece o Mato Grosso com 32%, enquanto o Amazonas registrou 8% e Rondônia 7%. Os quatro Estados contribuíram com 95% do total desmatado no período.

Em relação ao desmatamento ocorrido no mesmo período do ano anterior (3.579 Km²) houve uma redução de 79%. No mês passado, o desmatamento foi maior em Mato Grosso (65%), seguido por Pará (25%), Roraima (4%), Amazonas (4%) e Rondônia.

A redução do desmatamento foi mais expressiva em Mato Grosso (-87%), Rondônia (-83%) e Pará (-73%). Mas houve aumento na proporção de área desmatada nos Estados do Acre (+ 22%) e Amazonas (+3%).

Apesar do aumento relativo do desmatamento nesses dois últimos Estados, em termos absolutos esse incremento é considerado “muito pequeno” pelo Imazon, sendo apenas 3 Km² no Acre e 2 Km² no Amazonas.

Nos Assentamentos de Reforma Agrária, o desmatamento detectado pelo SAD totalizou cerca de 7,3 Km² em fevereiro de 2009. Os Projetos de Assentamentos que mais sofreram com o desmatamento foram Cristalmel (Ipiranga, Mato Grosso), Nelson de Oliveira (Novo Progresso, Pará) e Rio Juma (Apuí, Amazonas).

Também foi detectado pelo SAD aproximadamente de 8,5 Km² de desmatamento nas Unidades de Conservação durante fevereiro de 2009. A situação foi mais crítica na Flona do Jamanxim (Pará), Flota do Iriri (Pará) e Florsu do Rio São Domingos (Rondônia). Não houve detecção de desmatamento em Terras Indígenas.

O desmatamento foi mais crítico nos municípios de Novo Progresso (PA), com aproximadamente 9,6 Km², seguido de Cláudia (MT) com 8,5 Km², e Ipiranga do Norte (MT), com aproximadamente 6 Km².

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/nacional/desmatamento-atingiu-62-km%C2%B2-da-amazonia-legal-em-fevereiro)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions