Rondoniagora.com

Rondônia, 29 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Nacional

Operação da PF prende banqueiro Daniel Dantas, ex-prefeito Celso Pitta e mega-investidor Naji Nahas

Terça-feira, 08 Julho de 2008 - 09:30 | G1


A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (8) o banqueiro Daniel Dantas, dono do banco Opportunity, o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta e o empresário Naji Nahas.

A Operação Satiagraha investiga desdobramentos do caso mensalão. Segundo informações da Polícia Federal, trata-se de uma investigação iniciada há vários anos e que traz informações repassadas pelo Supremo Tribunal Federal para a Justiça Federal de São Paulo.

A PF informou que os três detidos encabeçam uma suposta quadrilha que teria cometido crimes financeiros.

A Operação Satiagraha investiga desdobramentos do caso mensalão. Segundo informações da Polícia Federal, trata-se de uma investigação iniciada há vários anos e que traz informações repassadas pelo Supremo Tribunal Federal para a Justiça Federal de São Paulo.

Em entrevista à Globo News, o advogado de Daniel Dantas, Nélio Machado, afirmou que Daniel Dantas pode ser vítima de "vingança". "Daniel Dantas é um empresário reconhecido e ele vem sendo estigmatizado, não de agora, como se pretendessem praticar uma violência contra ele. (...) Mas eu o tenho como pessoa de bem e acredito que a acusação tem um componente de vingança de natureza medieval, porque a cabeça dele tem disso oferecida à prêmio, não de agora."

O advogado considerou a prisão "desnecessária". "Essa prisão é de todo desnecessária e revela uma precipitação e mostra também que muitas dessas medidas que a Polícia Federal toma, elas são anunciadas antes."

Segundo o advogado, a "Folha de S.Paulo" teria anunciado a operação e ele, Nélio Machado, não teria obtido informações com a Justiça. "Essa tem sido marca usada pela PF em detrimento das garantias da Constituição. Se quiserem apurar fatos envolvendo meu cliente que o façam, mas que obedeçam a Constituição, que é rasgada pela prática que se observa.”

Nélio Machado disse que iria para a sede da Polícia Federal no Rio, onde Daniel Dantas está detido.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News