Rondônia, segunda-feira, 20 de setembro de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Nacional

Publicado em Segunda, 09 de Agosto de 2021 - 08h26

Rondônia mobiliza campeonato e faz o setor de esports aquecer

da Redação


Rondônia mobiliza campeonato e faz o setor de esports aquecer

O inegável sucesso que os jogos eletrônicos fazem no Brasil demonstra que cada vez mais que este é um setor muito promissor e em plena expansão. Jogos populares entre brasileiros, tais como League of Legends, Valorant e Counter Strike: Global Offensive por exemplo, se tornaram bons exemplos de como os esports podem mobilizar e aquecer a economia.

Rondônia vem exercendo um papel importante no setor, desde que no ano passado, em 2020, um grupo de universitários de Porto Velho decidiu fundar a Union, primeira equipe de esports da UNIR (Universidade Federal de Rondônia). A história da equipe passou a ser escrita no ano passado, quando teve sua estreia no campeonato atleticano organizado e mobilizado por eles mesmos.

Rondônia mobiliza campeonato e faz o setor de esports aquecer

Conforme matéria noticiada pelo ge foi muito grande a procura de outros times, oriundos não só da UNIR, assim como de outras instituições, e também times de esports da região que também jogam League of Legends. A necessidade de unir talentos que não somente fossem categorizados por participantes universitários, foi preciso para ir além na busca por êxito em resultados. Unindo jogadores destaques da capital e interior, o que permitiu englobar participantes além dos muros universitários, resultando em um time bastante diversificado.

A Union é uma organização de esports, de diversas modalidades, que surgiu para estimular o cenário local de esports eletrônico. A partir desta percepção, o primeiro torneio de League of Legends organizado pela Union, com o apoio da Faculdade Sapiens, que foi responsável pela estrutura do evento e potencializou a qualidade do espetáculo tanto para os jogadores, quanto para os espectadores que vibram pelos seus times favoritos.

Rondônia mobiliza campeonato e faz o setor de esports aquecer

Unir jogadores de outras faculdades e também jogadores da região foi uma boa sacada para a Union, já que dessa forma o time ampliou os horizontes e junto, as chances de concretizar objetivos de modo mais eficaz, atraindo um público variado de diversos jogos, trazendo entretenimento de qualidade à Rondônia e colocando o estado inserido de vez no cenário de esports. A resposta positiva não só motivou, como também encorajou a organização a realizar mais torneios deste gênero, já que puderam identificar a carência de incentivo para a concretização de eventos deste gênero na região.

O evento teve seu início no dia 30 de maio, e foram 22 times disputando o torneio, no entanto seu encerramento foi marcado entre pela a incrível vitória com uma pentakill do time Neo Zeen, que soube representar muito bem os rondonienses no dia 4 de junho, conquistando o troféu de campeão contra um time de Curitiba, além de uma premiação em dinheiro, e também RP (moeda do jogo LoL),fornecido pela Riot.

Campeonatos não só em Rondônia, mas em todo território brasileiro, vem adquirindo seu devido espaço, ao mesmo passo que o número de espectadores só aumentaram significativamente, especialmente na pandemia, atraindo olhares de patrocinadores cientes do promissor potencial que este setor designa. Parte do público espectador de campeonatos de jogos eletrônicos, elevam sua torcida pelo time favorito a um outro patamar, digamos, “mais competitivo” também. Sites de apostas, como a Rivalry, onde você pode realizar sua aposta no seu jogo favorito enquanto vibra pelo seu time no seu jogo preferido.

Pode ser que o evento, em um primeiro momento, tenha sido um tiro no escuro, mas a certeza que fica é que o resultado foi muito positivo e sem dúvidas abriu caminho para mobilizar mais pessoas e instituições a promoverem mais eventos do gênero, já que o esports no Brasil embora possua um público já bem significativo, ainda é um tanto carente com a falta de apoiadores para poder sediar campeonatos de jogos eletrônicos.

Todos os fatores parecem estar se encaminhando exatamente para o caminho certo para fazer com que esta receita funcione. Já que a quarentena afastou as pessoas fisicamente por conta da pandemia, os jogos online multiplayer vieram como uma pedida como um entretenimento e favorecendo o contato social, mesmo que de forma virtual. São fatos que cada vez mais vem provando que o esports no Brasil, merece sim ser reconhecido como uma modalidade de jogos desportivos.

O Brasil, por sua vez, devido ao fato de já ser um bom e antigo consumidor de jogos eletrônicos, com um expressivo e cada vez mais crescente número de consumidores, passou a ser também uma vitrine mundial de bons jogadores. Já que em alguns outros países têm o esports como algo já mais amadurecido, com suporte de apoiadores e já mais experientes com o feito de campeonatos, agora o Brasil se torna um bom investimento e um dos grandes centros de atenção.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions