Rondônia, 18 de junho de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Negócios

5 filmes biográficos baseados na vida de cantores famosos

Terça-feira, 14 Maio de 2024 - 10:00 | Redação


Filmes baseados na vida de cantores têm o poder de encantar e emocionar o público, oferecendo uma janela para os altos e baixos da jornada artística e pessoal desses ícones da música. Essas cinebiografias frequentemente capturam os momentos mais marcantes das carreiras dos artistas, desde suas humildes origens até o estrelato global.

Os filmes deste segmento muitas vezes transcendem o entretenimento, oferecendo uma exploração profunda da condição humana e da jornada artística. Eles nos lembram que, por trás do glamour e da fama, há indivíduos com suas próprias lutas e vulnerabilidades, que muitas vezes encontram na música uma forma de expressão e redenção.

Fonte: Rosa Marcondes/ Divulgação

Além disso, proporcionam uma imersão nostálgica nas épocas e cenários em que esses cantores viveram e criaram sua arte, oferecendo uma experiência cinematográfica que vai além da mera narrativa. Como resultado, se tornam não apenas obras de entretenimento, mas também testemunhos do impacto duradouro que esses cantores tiveram na cultura e na história da música.

2 Filhos de Francisco

Lançado em 2005, a obra foi um grande sucesso do cinema nacional, com receita de R$ 34,1 milhões. Conta os primeiros passos das carreiras de Zezé di Camargo & Luciano, desde a infância pobre que tiveram até estourarem com a música “É o amor”.

Francisco, um lavrador do interior de Goiás, nutre o sonho de ver dois de seus nove filhos se tornarem uma famosa dupla sertaneja. Seu olhar esperançoso se volta para o primogênito Mirosmar, a quem ele presenteia com um acordeão aos 11 anos, fazendo dupla com o irmão Emival. Os meninos conquistam sucesso e cativam pessoas em apresentações pelo Brasil, até que um trágico acidente interrompe abruptamente suas trajetórias.

Apesar das adversidades, Mirosmar, já com o nome Zezé Di Camargo, decide retomar sua paixão pela música. Ele encontra em seu irmão mais novo, Welson (Luciano), o parceiro ideal para realizar o sonho profético de seu pai. Juntos, eles se lançam na jornada de transformar a dupla sertaneja em uma lenda viva da música brasileira.

Bohemian Rhapsody

Considerado um dos melhores filmes do gênero, estreou em 2018 e inicialmente recebeu críticas mistas, com algumas ressalvas em relação à representação da vida e sexualidade de Mercury e dos outros membros da banda. No entanto, a performance de Rami Malek e as sequências musicais foram amplamente elogiadas. O filme se destacou nas bilheterias, arrecadando mais de US$ 903 milhões globalmente.

A narrativa retrata a história de Freddie Mercury (Rami Malek) e seus colegas Brian May (Gwilyn Lee), Roger Taylor (Ben Hardy) e John Deacon (Joseph Mazzello), que revolucionaram a música ao formar a icônica banda Queen na década de 1970. No entanto, à medida que o estilo de vida extravagante de Mercury começa a afetar o equilíbrio da banda, eles enfrentam o desafio de conciliar fama e sucesso com as crescentes complexidades de suas vidas pessoais.

Elvis

A cinebiografia de Elvis Presley traça décadas da vida do lendário artista (interpretado por Austin Butler), desde seu início até à fama. O enredo se concentra no complexo relacionamento entre Presley e seu empresário controlador, "Coronel" Tom Parker (Tom Hanks), ao longo de mais de duas décadas de parceria. Também mostra seu encontro com Priscilla Presley (Olivia DeJonge), grande fonte de inspiração na sua carreira.

Rocketman

O filme narra a jornada de transformação do tímido Reginald Dwight (interpretado por Taron Egerton) em Elton John. Partindo da infância marcada pela complicada relação com um pai, a história de vida do cantor é habilmente retratada por meio de releituras emocionantes de suas próprias músicas. O enredo também destaca a profunda parceria com o compositor Bernie Taupin (Jamie Bell) e a complexa relação com seu empresário e ex-amante, John Reid (Richard Madden).

Bob Marley: One Love

A cinebiografia retrata a vida de Bob Marley, figura icônica do reggae. O filme destaca as contribuições do cantor para seu país, a Jamaica, bem como as adversidades enfrentadas por sua família e entes queridos. Bob Marley (interpretado por Kingsley Ben-Adir) ficou famoso por sua defesa incansável da paz, do amor e da fé rastafári, utilizando o reggae como veículo para disseminar sua mensagem além das fronteiras.

No entanto, mesmo com sua fama, a violência que assolava sua nação não poupava nem ele nem sua esposa. Após um atentado, eles se veem obrigados a deixar o país, mas, no ano seguinte, o icônico cantor decide retornar à Jamaica, motivado pelo desejo de apoiar seu povo.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também