Rondônia, 12 de abril de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Negócios

Potencial mudança na Política Monetária alimenta o otimismo do Mercado - Previstos cortes nas taxas de juros no Brasil

Os rumores de uma possível mudança na política monetária do Brasil, especialmente a perspectiva de cortes nas taxas de juros, gerou otimismo no mercado.

Quarta-feira, 05 Julho de 2023 - 10:35 | Redação


Potencial mudança na Política Monetária alimenta o otimismo do Mercado - Previstos cortes nas taxas de juros no Brasil
Fonte:  Unsplash 

O contexto mundial e o impacto das políticas monetárias

Na “ressaca” da pandemia e acelerado pela instabilidade mundial causada pela guerra na Europa, as economias mundiais, e a brasileira inclusive, sofrem de altas taxas de inflação obrigando os bancos centrais a reagir com políticas monetárias contracionistas, que têm como objetivo reduzir a oferta de moeda e controlar a inflação.

Essas políticas têm implicações na negociação de ações pois, com o aumento das taxas de juros ou restrições das condições de crédito levam à redução de empréstimos e investimentos, afetando os preços das ações.

A monitorização das mudanças nas taxas de juros, das condições de crédito e dos indicadores econômicos pode ajudar os investidores a avaliar as possíveis tendências do mercado e a tomar decisões informadas ao negociar ações.

O cenário para a mudança na política monetária do Brasil

Embora medidas contracionistas sejam necessárias e importantes no controle da inflação, quando aplicadas de forma demasiada agressiva podem levar ao colapso de uma economia.

Recentemente Campos Neto realçou que “pela primeira vez na história, Brasil tem inflação muito menor que o mundo desenvolvido” e inclusive prevê-se deflação em alguns meses até ao final do ano. Estes indicadores demonstram que possivelmente a taxa de inflação está minimamente controlada no Brasil, alimentando rumores sobre uma possível descida das taxas de juros e o início da implementação de políticas monetárias expansionistas.

Quando um Banco Central toma a decisão de reduzir as taxas de juros, tem como objetivo estimular o crescimento econômico, tornando os empréstimos mais baratos e incentivando o investimento e o consumo generalizado.

O efeito no Mercado

 Ao existirem taxas de juro mais baixas, o custo de capital reduz consequentemente, incentivando empresas a investir mais, seja em novos projetos, expansões ou até em aquisições de outras empresas.

Taxas de juro mais baixas também têm um efeito direto nos investidores pois obriga-os a procurar opções com maior retorno (ao invés de contar apenas com depósitos a prazo), levando-os a procurar oportunidades de investimento no mercado de ações, aumentando o dinamismo do mesmo.

Os investidores adoram mercados dinâmicos pois veem estes acontecimentos como sinais positivos e indicadores de maiores lucros e crescimento futuro, levando ao aumento na demanda por ações e a maior valorização das mesmas.

Uma eventual descida das taxas de juro é vista como sinal de confiança do Banco Central na economia, o que aumenta a confiança dos investidores - levando a que corram maiores riscos - e também atrai investidores estrangeiros.

 As implicações desta decisão

 A política monetária é complexa e tem uma série de implicações diretas na economia - podendo afetar a inflação, o emprego e o padrão de vida dos cidadãos - mas também tem implicações indiretas na política do país e na sua relação com o exterior.

Numa altura em que se voltam a intensificar as conversas para um acordo de comércio livre entre a Europa e o Mercosul, esse compromisso pode acelerar o acordo através do aumento da confiança de parceiros comerciais internacionais, pois demonstra os esforços do Brasil para manter um ambiente econômico estável e condições favoráveis ao comércio.

Um possível efeito da diminuição da taxa de juro será a desvalorização do Real, que à primeira vista pode ser ruim, mas na realidade aumentará a competitividade do mercado brasileiro no comércio internacional - e na eventualidade do acordo seguir este ano terá um efeito prosperante.

 Conclusão

Numa altura em que a maioria das economias mundiais tentam controlar a inflação através de políticas monetárias contracionistas, levando ao abrandamento dos mercados, o Brasil regista taxas de inflação abaixo do esperado e aumentam os rumores e indicadores de que estará na altura de implementar medidas expansionistas.

Essas medidas deverão levar a aumento da dinâmica na economia assim como no mercado de ações, através de investidores nacionais e internacionais, pois estes vêem a implementação de medidas expansionistas como um indicador de confiança e um passo em direção à estabilidade e ao crescimento econômico.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também