Rondoniagora.com

Rondônia, 02 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

BARBÁRIE: CADÁVER COM MAIS DE 30 FACADAS É ESCONDIDO E CONSERVADO NO GELO PARA SER ESQUARTEJADO

Sexta-feira, 01 Agosto de 2008 - 09:31 | RONDONIAGORA.COM


Policiais militares encontraram o corpo de um homem identificado apenas como Washington, em um lava jato na zona Norte de Porto Velho. O cadáver apresentava 32 perfurações de faca e era conservado no gelo, dentro de um tonel de plástico azul, para ser esquartejado. Três suspeitos do crime foram presos em flagrante: o ex-presidiário Ronaldo Correia Dias, 52 anos, dono do lava jato e os funcionários Júnior Silva Lima, 18 e Júnior Pereira Garcia, 22. Uma pistola 380 roubada também teria sido apreendida com os acusados.

Cadáver

Ronaldo confessou ter comprado a arma, mas não disse de quem. Entretanto, pesquisa realizada no sistema Infoseg acusou que a pistola pertence a um ex-juiz e que ela fora furtada ou roubada.

Cadáver

Como Ronaldo informou já ter sido preso por tráfico de droga, os militares realizaram buscas na casa dele, à Rua Eudoxia de Barros, mesmo setor da cidade, mas nada encontraram. Na seqüência, vasculharam o lava jato que estava alugado para o suspeito havia cerca de três meses. Ali encontraram o corpo da vítima. Com uma corda amarrada ao pescoço, o corpo estava sob um saco de gelo, dentro do tonel que estava vedado com fita adesiva.

Foi apurado ainda pelos policiais, que os suspeitos se preparavam para dar fim ao corpo. No interior do Uno também teriam sido encontrados vários sacos, um arco de serra, um balde e um rolo de fita adesiva. “Ronaldo afirmou que esses apetrechos seriam para retalhar o cadáver, empacotar e depois jogar nas águas do Rio Madeira.

Crime

De acordo com as declarações de Ronaldo, dias atrás Washington teria tentado matá-lo no interior do próprio lava jato com quatro disparos de arma de fogo, mas errou o alvo. Nesta quinta-feira, a vítima retornou e investiu novamente contra Ronaldo. Júnior Pereira teria saído em defesa do patrão e desferido três facadas nas costas do rapaz.

A violência dos golpes fez com que Washington caísse ao solo. Com isso, foi dominado, amarrado e atirado no interior do tonel. Sem qualquer chance de defesa, recebeu mais 29 estocadas. Logo após, colocaram gelo sobre o cadáver e vedaram o tonel. O objetivo era se desfazer do morto durante a noite, mas a PM chegou a tempo e estragou os planos dos suspeitos.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News