Rondoniagora.com

Rondônia, 02 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Bocas de lobo abertas representam riscos para pedestres da capital

Sexta-feira, 06 Maio de 2016 - 18:01 | Da Redacao


Não é preciso andar muito pela capital para se deparar com várias bocas de lobo abertas ou com tampas quebradas, além de entupidas por falta de uma proteção para a entrada e acúmulo de lixo. Para os moradores da região do Bairro Nova Porto Velho, é preciso atenção redobrada, principalmente com crianças e idosos, pois a cada esquina da Avenida Rio de Janeiro, uma boca de lobo aberta surpreende os pedestres.

“É um descaso total. Um perigo para os alunos das escolas próximas, além de idosos e deficientes. Eu trabalho aqui nessa área, mas no bairro que moro a realidade é a mesma, e já vi alguns acidentes de pessoas que caem nesses buracos”, desabafou a administradora Juciele Naiara Reis.

A moradora do bairro, Silveli Dantas reclama ainda das alagações causadas pelas bocas de lobo entupidas. “Se fica sem tampa, o lixo acumula e impede a passagem da água da chuva, aí o problema é ainda maior. Sem contar na quantidade de mosquitos e ratos que se criam nos bueiros, um perigo para a saúde pública”, disparou.

No cruzamento das Ruas Eduardo Lima e Silva e Alexandre Guimarães, o buraco já começa a prejudicar o asfalto à margem da via, que com a força das águas das chuvas, está em fase de desbarrancamento para dentro do bueiro. “Isso quando chove é um risco para nós também motociclistas, que com a margem da via alagada fica difícil enxergar e alguém pode acabar caindo. É uma falta de respeito com o cidadão”, declarou o estudante Daniel Lima.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, a Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), está realizando um trabalho de revitalização das chamadas "bocas de lobo" na cidade, e inclui colocação e a troca das tampas velhas por novas, garantindo segurança aos pedestres, já que as mesmas ficam instaladas normalmente nos passeios.

O trabalho contempla ainda a construção de novas caixas coletoras de águas pluviais. A assessoria garante que a região do Bairro Nova Porto Velho está incluído na programação. O serviço em andamento já passou pela Avenida Nações Unidas, parte da Guaporé e da Rio de Janeiro. Enquanto o serviço não chega, a população aguarda pelas melhorias.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News